Destaques Geral

Saldo do emprego cresce 20,4% em setembro com destaque no comércio

Por Talita Souza / Especial

27 de outubro de 2021

Foto: Divulgação.

PASSOS – Em setembro foram gerados 407 novos empregos na região, o que representa um aumento de 20,41% em relação a agosto. O comércio, responsável por 39,5% das novas vagas, foi o setor com maior destaque no mercado de trabalho. Segundo dados do Cadastro Geral de Empregados e Desempregados, divulgados nesta terça-feira, 26, foram 3.116 admissões e 2.709 demissões, com uma variação relativa de 10,54% na região.

Passos, com 185 novos postos de trabalho formal, foi o único município com saldo acima de cem. Com 959 admissões e 774 desligamentos, a cidade representa 45,45% do saldo de empregos na região. Piumhi (46) foi o segundo município com melhor resultado, seguido por Capitólio (41).

Em Passos, o setor com maior destaque foi o de comércio, com 86 novas vagas, seguido por serviços (71) e construção (54). Os setores de indústria (-19) e agropecuária (-7) fecharam setembro com saldo negativo no emprego.

Em Piumhi, o setor com maior destaque também foi o de comércio, com 46 novos postos, seguido pela indústria (15). Os setores de serviços (-10) e construção (-5) apresentaram saldo negativo no município, enquanto o setor de agropecuária aparece com saldo zerado.

Em relação a Capitólio o setor de serviços teve maior destaque, com 27 novos postos, seguido pelos setores de construção (10), agropecuária (3) e indústria (2). O setor de comércio (-1) do município aparece com saldo negativo no balanço.

Itamogi (26), Capetinga (25), Monte Santo de Minas (24), Delfinópolis (20) Ilicínea (20), Ibiraci (15), Claraval (12), Cássia (11), Itaú de Minas (10), Pratápolis (10), Guapé (9), São João Batista do Glória (7), Fortaleza de Minas (3) e Nova Resende (3). Jacuí (-20), Alpinópolis (-16), Carmo do Rio Claro (-10), São Tomás de Aquino (-7), São Roque de Minas (-2), São Sebastião do Paraíso (-2), Vargem Bonita (-2) e Bom Jesus da Penha (-2) tiveram saldo negativo na geração de empregos em setembro e Doresópolis e São José da Barra apresentam saldo zerado no mês.

Setor de Agropecuária apresenta queda, enquanto setor de Comércio mostra alta no mês

O setor de agropecuária, na região, foi o único a apresentar um saldo negativo (-124). Já os setores de comércio (161), serviços (151), construção (125) e indústria (96) aparecem no balanço com um saldo positivo.

Minas Gerais manteve o ritmo de geração de emprego em setembro, com 29.029 novos postos de trabalho. Segundo dados do Cadastro Geral de Empregados e Desempregados (Caged), divulgados nesta terça-feira, 26, pelo Ministério da Economia, o estado teve saldo positivo na criação de empregos, com 186.711 admissões e 157.682 demissões.

Esse resultado fez com que Minas permanecesse em segundo lugar no ranking nacional de novas vagas, ficando atrás apenas de São Paulo que gerou 84.887 postos, No acumulado do ano, Minas criou 286.526 oportunidades de trabalho.

Detalhamento

Os setores de atividade econômica que mais empregaram em setembro foram os de serviços (16.463), indústria (6.719) e comércio (5.924). Segundo a diretora de Monitoramento e Articulação de Oportunidade de Trabalho da Secretaria de Estado de Desenvolvimento Social (Sedese), Amanda Siqueira Carvalho, os números registrados pelo Caged mostram a tendência de expansão do mercado de trabalho formal de Minas Gerais.

“A ampliação da vacinação trouxe a diminuição das incertezas, permitindo o retorno gradual das atividades de produção e de consumo, o que promoveu a recuperação econômica em diversos setores, principalmente o de serviços e o da indústria”, observa.