Destaques Saúde

Vereadores querem divulgação diária de dados da covid em Cássia

26 de março de 2021

Documento pede o retorno diário das publicações do Boletim Epidemiológico, também pede melhorias na disposição gráfica do informe. / Foto: Divulgação

CÁSSIA – Os vereadores da Câmara de Cássia formalizaram, na terça-feira, 23, um pedido de providências em relação à transparência no Boletim Epidemiológico Coronavírus, divulgado pela Secretaria Municipal de Saúde. Conforme os parlamentares, desde 5 de março, as informações sobre o avanço da pandemia no município deixou de ser diária e passou a ser divulgada nas redes sociais da prefeitura às segundas, quartas e sextas-feiras.

O documento, além de solicitar o retorno diário das publicações do Boletim Epidemiológico, também pede melhorias na disposição gráfica do informe. Segundo eles, o documento tem gerado dúvidas na população, principalmente, em referência ao total de pacientes residentes em Cássia que estão internados em municípios vizinhos, ou de outras cidades, que por sua vez, estão internados em território cassiense.

Ocorre que os números de pacientes de outros municípios (internados em Cássia) estão sendo divulgados no ‘rodapé’ do boletim, em caracteres diminutos, dificilmente percebidos por grande parte das pessoas que se interessam em acompanhar os dados. Neste caso, o pedido é para que seja criado um campo próprio, no corpo do boletim, em dimensões iguais às de outras informações”, cita o documento protocolado pelos parlamentares.

Para o vereador Luiz Machado (Priminho), que deu inciativa ao pedido na Câmara, o objetivo é garantir o acesso da população às informações.

É fundamental que a população interessada possa ter acesso às informações do âmbito municipal. Principalmente nesta segunda onda da pandemia, que tem sido muito mais severa. Ainda acredito que o poder Executivo, nesta fase roxa, precisaria ser mais atuante em relação à disseminação de qualquer informação que, consequentemente, possa conscientizar os munícipes e diminuir a propagação do vírus”, disse.

Quanto ao Comitê Covid-19, o parlamentar afirma que esteve em reunião com o grupo, mas não obteve resposta sobre as reivindicações.

Estivemos reunidos e os integrantes do comitê disseram que ajustariam o que fosse necessário, mas até então, a publicação segue com o mesmo padrão que tem gerado inúmeras reclamações”, completou.

A equipe de jornalismo da Folha tentou obter informações com representantes da Secretaria Municipal de Saúde e Vigilância Sanitária de Cássia, porém, até o fechamento desta edição, não obteve retorno.