Destaques Saúde

Vereadores aprovam entrada do Carmo em consórcio de saúde

16 de setembro de 2020

Foto: Divulgação

CARMO R. CLARO – A Câmara Municipal de Carmo do Rio Claro aprovou projeto de lei do Executivo que autoriza o município a participar do Consórcio Intermunicipal de Saúde da Microrregião de Piumhi. Com isso, os carmelitanos continuam sendo atendidos pela Santa Casa de Passos para realização de consultas e exames e o Hospital de Carmo do Rio Claro pode prestar serviços às outras cidades integrantes.

O contrato não é para atendimentos de urgência e emergência que continuam funcionando da mesma maneira. No entanto, auxilia que os pacientes sejam atendidos pelos mesmos profissionais em acompanhamentos pós-cirúrgicos e retornos.

A participação no consórcio também aumenta a oferta de locais que podem oferecer especializações para atender a saúde municipal. Assim como o Hospital São Vicente de Paulo pode oferecer serviços às outras cidades participantes, outros centros poderão atender Carmo do Rio Claro.

Castração

Os vereadores também aprovaram o Projeto de Lei do Executivo que abre crédito no orçamento para castração de cães em situação de rua. A intenção é auxiliar a Associação São Francisco (ASF) que não tem condição de assumir a demanda existente no município sozinha.

De acordo com a justificativa enviada pela Prefeitura, o valor de R$30 mil será utilizado na castração de machos. Para a realização desse procedimento, será aberto um credenciamento de clínicas veterinárias especializadas. A castração desses animais busca reduzir a superpopulação de cães de rua e diminuir o risco de transmissão de doenças.

Os vereadores viram com certo alívio o envio desse projeto que será importante para auxiliar os serviços da ASF. A Associação São Francisco contava com o repasse de R$150 mil advindos de emendas parlamentares destinadas para o cuidado com os animais. O valor não pode ser repassado por causa do período eleitoral. A aprovação do PL 098/2020 ameniza a situação da ASF, mas os vereadores ainda cobram a inserção dos recursos conquistados para a entidade no orçamento de 2021.