Destaques Saúde

Variantes de P1 e P2 do coronavírus são detectadas na região

Por Gabriella Alux/ Especial

19 de Maio de 2021

A variante P1, proveniente de Manaus, foi detectada em Piumhi e a P2, de Belo Horizonte, em uma cidade próxima da região. / Foto: Divulgação

PASSOS – A secretária de Saúde de Piumhi, Rosângela Aparecida Terra e Guerra, confirmou que a variante P1 do coronavírus foi detectada no município e que outra variante, a P2, foi encontrada em uma cidade da região que fica entre Piumhi e Passos. Em declaração na última segunda-feira, a secretária informa que a variante foi detectada em uma mulher de 60 anos, que morreu no final de março.

Os resultados dos exames, desde a realização das coletas, são muito demorados. Por isso, recebemos apenas na última sexta-feira que a variante foi detectada na paciente que foi internada no final de fevereiro e, em março, entubada em Passos, onde veio a óbito. Nós, normalmente, fazemos duas coletas de RT-PCR em todos os pacientes internados e enviamos para a Fundação Ezequiel Dias (Funed) para ser feito um primeiro exame e selecionar, de acordo com os critérios da fundação, para encaminhar à Fundação Oswaldo Cruz (Fiocruz), onde é feito o sequenciamento genômico, que é a detecção dessas variantes”, declarou Rosângela.

Segundo declarações da secretária, quatro variantes do vírus já foram detectadas no Brasil, a do Reino Unido, da África do Sul, P2, e P1 (de Manaus).

Apesar da paciente em que foi detectado a variante não ter histórico de viagem para Manaus, sabemos que essa situação está acontecendo em Piumhi devido a alta e rápida transmissibilidade de março até agora. Além disso, a covid-19 está mais presente em pessoas novas, que não estão vacinadas ainda. E isso se deve a essa nova variante P1”, declarou.

Para Rosângela, é possível entender que ter a variante da Sars-Cov-2 no município é sinal de que a vacinação está sendo eficaz, pois os pacientes que estão internados e vindo a óbito estão na faixa etária de 50 anos para menos.

Peço para que todos tenham cuidado, porque agora a gente não só tem o Sars-Cov-2, mas essa variante P1 e a transmissibilidade é maior. Por isso está havendo muitos casos confirmados de Covid-19 ultimamente e muitos em estado grave, que é quando há a internação. Os cuidados devem ser redobrados, sempre fazendo o uso dos Equipamentos de Proteção Individual (EPI’s) contra o coronavírus”, orientou a secretária de saúde.

Nesta segunda-feira, o prefeito de São Sebastião de Paraíso, em entrevista para uma rádio, declarou que no município circula uma nova variante do coronavírus. A assessoria de comunicação da prefeitura informou que ainda está sendo estudado os casos para que haja a verificação em conjunto da vigilância em saúde, que está rastreando todos os casos de covid do município.