Destaques Saúde

UPA transfere mais quatro pacientes para Caratinga

Por Gabriella Alux / Especial

29 de Maio de 2021

Os pacientes transferidos já estão em tratamento no Casu – Hospital Irmã Denise, em Caratinga. / Foto: Divulgação

PASSOS – Ontem, 28, outros quatro pacientes com covid-19, que aguardavam por vaga de internação na Unidade de Pronto Atendimento (UPA) de Passos, foram transferidos para o Centro de Assistência à Saúde Funec (Casu) Hospital Irmã Denise, localizado em Caratinga. Nesta sexta-feira, Passos registrou mais quatro óbitos e 130 casos de covid, chegando a 240 mortes e 7.350 casos.

Com a transferência de ontem, até as 12h, ficamos com 12 pacientes internados na unidade. Desses 12, cinco estão entubados, cinco em estado moderado que podem evoluir para a entubação e outros dois em necessidade de utilizar cateter nasal de oxigênio. Essa é a situação da UPA até o momento”, relatou o diretor da unidade, Flávio Ferreira.

Segundo a assessora de comunicação do Casu, todos os pacientes transferidos de Passos já estão regulados no hospital e sendo recebidos da melhor maneira possível e de maneira humanizada. Em um primeiro momento, todos passam por avaliação clínica realizada pelos profissionais da equipe multidisciplinar com médicos, fonoaudiólogos, psicólogos, fisioterapeutas, entre outros, e por exames que se façam necessários. Cada paciente recebe tratamento individualizado de acordo com suas necessidades específicas.

Em declaração, a assessora conta que, como não houve desmobilização dos leitos já em funcionamento, o Casu já expandiu a sua capacidade máxima de leitos e recebe pacientes de outras regiões, além de Passos. Ainda segundo a assessora, o hospital é uma unidade de referência para o tratamento intensivo da covid-19 em Minas Gerais. Conta com 125 leitos de Unidade de Terapia Intensiva (UTI) adulto, cinco leitos de UTI pediátrica e 20 leitos clínicos, assim como com equipe multidisciplinar especializada que oferece tratamento individualizado e humanizado aos pacientes internados na unidade.

Conforme a declaração do diretor técnico da Santa Casa de Passos, o médico José Ronaldo Alves, o hospital está desde o dia sete de maio com 100% de ocupação dos leitos da UTI. De acordo com boletim divulgado pelo hospital nesta sexta-feira, das 45 vagas da Enfermaria Covid, 43 estão com pacientes e uma está interditada por motivo de isolamento de paciente com suspeita da doença.

Temos observado que a demanda por leitos continua alta na região. Neste momento, não há perspectiva de montagem de novos leitos em razão de diversos fatores, sendo um dos mais preocupantes a escassez e alta dos custos em medicamentos na indústria farmacêutica. Estamos otimizando processos assistenciais para um maior giro de leitos e recursos”, declarou o diretor.

Ele também afirma que, no momento, as preocupações estão voltadas para as novas cepas e as mutações do vírus.

Estamos adotando diversas ações para mitigar a transmissão do vírus no ambiente intra hospitalar, como a redução de visitas e restrição de acompanhantes. Nosso relacionamento com a UPA de Passos tem sido de ajuda mútua e auxílio entre as equipes. A covid-19 é uma doença que tem nos surpreendido muito, dificultando previsões, por isso nosso pensamento no momento é que todas as ações para mitigar a transmissão do vírus são válidas”, finalizou.


Passos e Paraíso confirmam nova variante do coronavírus

De acordo com dados da Secretaria do Estado de Saúde de Minas Gerais (SES-MG), a variante P1, proveniente de Manaus, já foi detectada em 24 cidades do Sul de Minas, com amostras de pelo menos 34 pacientes testados. Na região, a variante P1 foi confirmada em Passos e em São Sebastião do Paraíso.

A variante também foi detectada em pacientes de Monte Santo de Minas, Guaxupé, Lavras, Poços de Caldas, Alterosa, Guaranésia, Arceburgo, Campanha, Coqueiral, Itajubá, Nepomuceno, Três Corações, Andradas, Cabo Verde, Camanducaia, Carmo de Minas, Cruzília, Itamonte, Itumirim, Itutinga, Lambari e Soledade de Minas.