Destaques Saúde

Unimed promove evento online sobre saúde emocional da mulher

22 de outubro de 2020

Gabriela Nunes psicóloga do Núcleo de Atenção à Saúde. / Foto: Divulgação

A Unimed Sudoeste de Minas está com inscrições abertas para a Roda de Conversa online com o tema “Entre nós: um bate-papo sobre saúde emocional e feminilidade”, que será conduzida pela psicóloga do Núcleo de Atenção à Saúde, Gabriela Nunes. O evento será realizado no dia 28 de outubro às 19h pelo aplicativo Zoom e é voltado para mulheres acima de 16 anos interessadas no tema. As inscrições são gratuitas e vão até 27 de outubro pelo e-mail viverbem@unimedsudoestemg.coop.br ou pelo telefone (35)3529-2636. É necessário informar, no momento da inscrição, nome completo e telefone celular com whatsapp para envio do link do evento.

O objetivo do evento é de oferecer uma reflexão mais ampla, que vá além do tema do câncer de mama já amplamente trabalhado na campanha Outubro Rosa e aproveitar a maior abertura para a discussão da saúde feminina, colocando em pauta os aspectos psicológicos que interferem no bem-estar e qualidade de vida deste público.

Precisamos lembrar a importância da autonomia e do autocuidado aproveitando este contexto, mas lembrando que nos outros onze meses do ano também devemos estar atentas e entender que nosso corpo e mente estão totalmente ligados. Portanto, saber gerenciar nossas emoções e administrar de forma equilibrada nossos conflitos são alguns dos fatores que podem contribuir para termos mais qualidade de vida e bem-estar, uma vez que o desequilíbrio emocional nos tornam mais suscetíveis a situações que comprometem diretamente a saúde física, como o abuso de bebidas alcoólicas, a baixa autoestima, insônia e má qualidade nutricional, por exemplo”.

A psicóloga ainda explica que este evento faz parte de uma série de ações desenvolvidas pela cooperativa de trabalho médico neste ano com o intuito de minimizar os impactos emocionais da pandemia.

Em setembro, por exemplo, realizamos um evento sobre depressão e ansiedade que foi muito bem avaliado pelos participantes. Acreditamos que agora é importante abrir um espaço de interação, diálogo e troca de vivências entre as mulheres que desejem participar do nosso evento online, pois sabemos que, em geral, as mulheres estão mais sobrecarregadas durante a quarentena. Isto porque a maioria de nós tivemos que nos desdobrar entre os cuidados da casa e de filhos, home office, o auxílio nas tarefas escolares, além do medo de contrair o novo coronavírus e as perdas financeiras que muitas famílias sofreram. Queremos que este evento seja uma forma de apoio para estas mulheres, em que juntas consigamos traçar algumas estratégias que possam colaborar para que nos adaptemos melhor a esta fase”, conclui.