Destaques Saúde

Tribunal de Justiça suspende liberação da 3ª dose de vacina contra a covid-19 em Guaxupé

22 de julho de 2021

Foto: Divulgação

O Tribunal de Justiça de Minas Gerais (TJMG) divulgou que suspendeu a ordem que liberava a aplicação de uma terceira dose da vacina contra o novo coronavírus em idoso de 75 anos, residente no município de Guaxupé. De acordo com as informações, a decisão foi publicada nesta quarta-feira, 21, pelo de desembargador Wilson Benevides, após o Ministério Público ter recorrido contra a aprovação.

Conforme o relatório apresentado, foi definido pela Organização Mundial de Saúde (OMS) e pelo Ministério da Saúde que as pessoas devem completar todo o esquema vacinal com o mesmo imunizante, sendo que não existem quaisquer tipos de recomendações para a aplicação de doses adicionais. Para mais, o documento ainda indica que a médica responsável pelo atestado de reaplicação não é especialista em infectologia e atua como cirurgiã vascular e médica do trabalho.

Ainda, o TJMG alega que os órgãos regulatórios de saúde do Brasil e dos Estados Unidos divulgaram um alerta sobre os testes de detecção de anticorpos e, o que foi realizado pelo paciente não pode servir como parâmetro para medir o nível de proteção contra o novo vírus.