Destaques Saúde

Taxa de transmissão da covid aumentou em MG

4 de junho de 2020

BELO HORIZONTE – O secretário de Estado da Saúde, Carlos Eduado Amaral, disse, nesta quarta-feira, que o índice de transmissão do novo coronavírus em Minas aumentou para 1.42 e que o número de infectados está aumentando. De acordo com boletim divulgado ontem pela Secretaria de Estado de Saúde (SES), já são 12.010 casos confirmados e 306 mortes por covid-19.

Desde o início da transmissão comunitária em Minas, o índice de transmissão do vírus já esteve próximo de 1.

Isso, para nós, chamou atenção. No início, lá no início, quando entramos no isolamento social, o índice esteve entre 3,5 e 4, ele teve uma queda muito grande. Começou a ficar próximo do 1. Quando vai para 1.2 está flutuando, está abaixo de 2. O ideal é que fique entre 1 e 1.2”, disse o secretário.

Ele participou de entrevista coletiva remota, ontem, e disse que a nova projeção é que o pico da covid-19 em Minas aconteça em meados de julho. Quando o índice é igual a 1, uma pessoa transmite só para mais uma, não há um crescimento da epidemia. Quando é menor do que 1, uma pessoa transmitir para menos de uma pessoa, a tendência é reduzir a transmissão até não mais ocorrer. Quando é maior do que 2, há uma aceleração grande no contágio. “Se tiver explosão de casos, acima de 2, é impossível ter capacidade assistencial adequada”, disse Amaral.

Na região, segundo informações do boletim da SES desta quarta-feira e de boletins divulgados por prefeituras, há 68 casos confirmados. Passos, com 23 confirmações, é o município com maior número de casos, seguido por Paraíso (11), Pratápolis (8), Carmo do Rio Claro (7), Guapé (3), Itaú de Minas (3), Capitólio (2), Itamogi (2), Piumhi (2), São José da Barra (2), São Tomás de Aquino (2), Alpinópolis (1), Capetinga (1) e Delfinópolis (1). De acordo com a SES, entre os casos confirmados, 31 estão em acompanhamento e 28 já se recuperaram.

Alpinópolis

A Prefeitura de Alpinópolis vai começar, a partir de hoje, a fazer testes para covid-19 em todas as pessoas com mais 15 anos e que estejam com sintomas de síndrome gripal. Segundo a administração, o objetivo é detectar o índice de circulação do vírus na cidade. As unidades de saúde (PSF´s), passaram por treinamento, ontem, e já estão aptas a fazer o teste rápido, segundo a prefeitura..