Destaques Saúde

Taxa de ocupação em leitos de UTI aumenta após reformulação

Por Beatriz Silva / Redação

9 de outubro de 2020

Cássia e Pratápolis devem receber medicamentos utilizados para entubação de pacientes com o novo coronavírus. / Foto: Divulgação

PASSOS – Boletim divulgado pela Santa Casa de Misericórdia de Passos, na última quarta-feira, 7, aponta taxa de ocupação de 57% nos leitos de Unidade de Terapia Intensiva (UTI) exclusivos para covid-19. No dia 7 de setembro, a taxa era de 25%. No mês passado, o hospital contava com 52 leitos de UTI, dos quais 13 estavam ocupados. Atualmente, com 22 leitos a menos, a unidade possui 17 em uso.

Quanto aos chamados leitos de enfermaria covid-19, dos atuais 25 em atendimento, 20 estão ocupados, com uma taxa de uso de 80%. No mesmo período do mês de setembro, quando registrava-se 79 leitos de enfermaria destinados aos infectados pela doença, apenas dez eram utilizados, em uma taxa de ocupação de 13%. Também na última quarta-feira, em São Sebastião do Paraíso, o percentual de ocupação da UTI covid-19 foi de 40%, neste índice, seis pacientes eram munícipes e dois eram de cidades vizinhas. A prefeitura não divulgou os números referentes a 7 de setembro, porém, os resultados para dia 8 de setembro foram de 30% dos leitos de UTI ocupados, sendo cinco moradores do território paraisense e um de outra localidade.

Ainda para o município, na atualidade, 63,83% dos leitos de enfermaria covid estão em uso. Neste caso, 18 pacientes são moradores de São Sebastião do Paraíso e 12 não. Já no dia 8 de setembro, quando havia 14 leitos na enfermaria a serem utilizados, 29,78% eram ocupados. Em Minas, até ontem, a taxa de ocupação de leitos de UTI era de 60,13%, sendo que 19,82% deste total eram destinados a pacientes com covid-19.