Destaques Saúde

Secretaria de Saúde de Piumhi alerta sobre colapso em UTI

11 de abril de 2020

PIUMHI – A Secretaria de Saúde de Piumhi divulgou nesta quarta-feira, 8, um vídeo mostrando a realidade da Unidade de Terapia Intensiva (UTI) da Santa Casa de Misericórdia para o atendimento de casos do coronavírus. O médico Elton Henrique, responsável pela UTI do hospital, comentou sobre a probabilidade de surgimento de casos da doença na região e sobre o impacto que isso pode ter no atendimento.

De acordo com o médico, a Santa Casa de Piumhi presta atendimento atualmente a cerca de 70 mil pessoas, sendo este número a soma da população de Piumhi e região. Assim, o médico supõe que “se apenas 10% da população for acometida pelo vírus, nós teremos por volta de 7 mil pessoas contaminadas”.

Dessas 7 mil pessoas, a maioria (80%) não vai ter sintomas e 5% terão a forma grave da doença, precisando de internação hospitalar e, provavelmente, de leitos de UTI. “Nós teremos por volta de 350 pessoas com necessidade de terapia intensiva, com apenas 10% de acometimento da população”. Piumhi tem apenas dez leitos de UTI.

Segundo a fisioterapeuta respiratória da UTI da Santa Casa, Ivana Rezende, o hospital possui um atendimento de excelência em UTI. “Nós usamos terapia intensiva de ponta, igual acontece no mundo e nós melhores hospitais do Brasil”, disse. Segundo Ivana, na Santa Casa existem, no total, 4 leitos isolados, todos ocupados. “É uma doença difícil de tratamento. Teremos dificuldades se mais pacientes se contaminarem de forma grave nas próximas semanas, porque a internação desses pacientes é prolongada. Então, aonde nós vamos colocar esses pacientes se esses aqui vão permanecer conosco por um período prolongado?”, afirmou Ivana.

 

Situação

A fisioterapeuta também afirma que há pacientes com vários tipos de doenças sendo tratados na UTI neste momento. “Nós temos outras doenças na cidade. Nós temos leitos aqui com pacientes infartados, pacientes que vão ser transferidos para marca-passo definitivo, a vida continua, as outras doenças continuam. Nós temos uma população que, além do corona, enfrenta também as doenças sazonais do inverno, principalmente as doenças cardiovasculares e a gente tem que pensar, esses pacientes precisam dos leitos também”.

Para ela a necessidade do isolamento social é justamente para evitar a sobrecarga no sistema de saúde. “Permaneçam em suas casas, essa é a mensagem da UTI Piumhi da Santa Casa de Misericórdia”.