Destaques Saúde

Santa Casa prevê início do Centro de Sustentabilidade em dezembro

Por Gabriella Alux/ Redação

22 de novembro de 2021

Passos – Com previsão para início das atividades no próximo mês, o Centro de Sustentabilidade Socioambiental deve promover melhorias e recuperação da nascente do Parque Ecológico da Mata da Biquinha, em Passos. O projeto é uma iniciativa da Associação de Apoio aos Catadores de Materiais Recicláveis de Passos (AAção Reciclagem) em parceria com a Santa Casa de Misericórdia de Passos. Segundo a presidente da associação, Vânia Soares Maia Piassi, o projeto também conta com auxílio da Secretaria de Meio Ambiente de Passos e da empresa Furnas.

“As providências ligadas ao parque envolvem a recuperação da Mata da Biquinha e, também, o desenvolvimento de projetos de educação ambiental, incentivar atividades de artesanato para que possa melhorar a economia de familiares das pessoas que trabalham com a gente, entre outros. Vamos fazer a coleta seletiva no antigo clube dos funcionários, sendo apenas um ponto de entrega de quem separar o lixo em casa e quiser entregar para ser aproveitado. A partir daí, será levado ao barracão, onde a separação será feita, uma vez que tudo é montado em fardos de acordo com a natureza do lixo, por lata, papel, lata e vidro, que passa por um outro processo. Essa é uma maneira melhor de descartar em vez de deixar ir para o lixão e ser deteriorado, criando muitos problemas para o meio ambiente, lençol freático, entre outros”, declarou Vânia.

Segundo ela a Santa Casa entra com os recursos necessários, a Secretaria de Meio Ambiente de Passos também auxilia e Furnas ajuda com, por exemplo, mudas que vão adensar a mata.

“Sinto que, ao desenvolver o projeto, também vão surgir outras pessoas que vão se apaixonar, que vai garantir a continuidade do projeto, que não pode parar, que é tão bonito e valioso”, disse.

O termo de concessão do Clube da Santa Casa para a AAção Reciclagem foi assinado no dia 27 de outubro. O coordenador de Segurança do Trabalho e Meio Ambiente do hospital, Eder Henrique Viana, afirma que o projeto é dividido em três principais vertentes, sendo, a primeira a implantação do Centro de Coleta de Recicláveis para ser um local de referência, com conceito de inovação e imagem positiva perante a sociedade, induzindo a mudança de cultura. Segundo ele, a implantação do Centro de Educação Ambiental conta com apoio Unidade de Ensino e Pesquisa (Unep), com cursos, treinamentos, palestras e oficinas para a comunidade, principalmente para crianças e adolescentes.

Eder ainda conta que a implantação do Parque Ecológico da Biquinha será o grande diferencial do projeto, pois será parte do compromisso ambiental da Santa Casa e complemento dos projetos de educação ambiental que serão desenvolvidos. O coordenador afirma que os visitantes poderão ver todas as ações de preservação.

Segundo Viana, a AAção Reciclagem emprega em torno de 20 pessoas e a expectativa é de aumentar esse número.

“O projeto tem um cunho social e a ideia é ajudar pessoas que trabalham na informalidade coletando resíduos, possibilitando um trabalho digno e a inserção nas atividades do projeto, promovendo oportunidades de desenvolvimento pessoal e profissional. Além de oportunidades na área de reciclagem o projeto também poderá gerar outras oportunidades de emprego na área de educação e áreas voltadas para o desenvolvimento socioambiental”, afirma.