Destaques Saúde

Registros de dengue crescem 3,98% em uma semana na região de Passos

Por Talita Souza / Especial

17 de Maio de 2021

Foto: Divulgação

PASSOS – A região teve 261 casos prováveis de dengue e um de chikungunya até o a última terça-feira. Os números divulgados pela Secretaria de Estado de Saúde de Minas Gerais (SES-MG) revelam um aumento de 3,98% na semana e de 5,66% no mês. De acordo com o último boletim epidemiológico de arboviroses urbanas, foram dez casos a mais em relação ao levantamento divulgado no dia 5 de maio.

Piumhi, com 86 registros, é o município com maior número de casos prováveis de dengue, seguido por Passos (61), São Sebastião do Paraíso (44) e Capitólio (28). Comparados com o boletim do dia 5, Piumhi teve um aumento de seis casos, Passos manteve a quantidade enquanto São Sebastião do Paraíso e Capitólio registraram um novo caso cada. São Sebastião do Paraíso foi o único município da região que registrou um caso provável de chikungunya.

Alpinópolis (sete), Capetinga (cinco), Doresópolis (três), Fortaleza (um), Guapé (dois), Itaú de Minas (seis), Jacuí (dois), Monte Santo de Minas (quatro), São João Batista do Glória (um) e São José da Barra (quatro) mantiveram o número de registros em relação ao último levantamento divulgado pela SES-MG. Os demais municípios da região não apresentaram notificações.

Em comparação com o boletim do dia 13 de abril, a região teve um aumento de 14 novos registros de dengue. Passos, com cinco, Capitólio (quatro), São Sebastião do Paraíso (três), Ibiraci (dois), Alpinópolis (um) e Itaú de Minas (um) foram os municípios que apresentaram novos casos. Piumhi foi o único município da região a registrar uma queda de novos casos durante o período, apresentando três casos a menos.

O estado registrou 18.525 casos prováveis de dengue, de acordo com o último boletim da SES-MG, 7.386 casos confirmados, um óbito e sete em investigação. Em comparação com o boletim do último dia 5, o estado teve um aumento de 5,56% no número de casos prováveis e de 9% nos casos confirmados de dengue em uma semana.