Destaques Saúde

Região de Piumhi mantém cidades na onda vermelha

Por Laura Oliveira Hostalácio / Folha da Manhã com Onda Oeste FM

6 de fevereiro de 2021

Microregegião de Piumhi permanece na onda vermelha. / Foto: Divulgação

PIUMHI – Autoridades sanitárias dos municípios que integram a microrregião de Piumhi decidiram permanecer na onda vermelha do Minas Consciente, programa do governo estadual para retomada da economia. Segundo a secretária de Saúde de Piumhi, Rosângela Guerra, o motivo é que outras unidades ligadas à macrorregião Sul ainda estão na onda vermelha.


Você também pode gostar de:

A secretária de Saúde confirmou o avanço da microrregião à onda amarela do programa e disse que, por cautela, permanecerá na onda vermelha, além de seguir as restrições para intensificar o combate à transmissão do vírus. Ela também afirmou que, durante reunião nesta quinta-feira, 4, foi apresentado o plano do Centro de Operações de Emergência em Saúde Pública (COES) da macrorregião Sul do programa Minas Consciente.

Segundo a Secretaria de Estado de Saúde de Minas Gerais, o COES Coronavírus analisa o banco de dados sobre a covid-19 em todo o estado, definindo critérios que são apresentados nas reuniões que analisam as restrições ou flexibilizações em setores da economia.

Segundo Rosângela, foi avaliado que a taxa de incidência do coronavírus a cada 100 mil habitantes da macrorregião Sul teve uma redução de 284 para 228. A macrorregião Sul, a qual pertencem as micros de Passos, Piumhi, Cássia, São Sebastião do Paraíso, entre outras, também apresentou queda na taxa de isolamento social e na média móvel de casos confirmados.

A secretária afirmou que o número de óbitos confirmados têm sinalizado estabilidade. Segundo ela, outro ponto importante foi a queda na taxa de incidência da Síndrome Respiratória Aguda Grave (SARS), que diminuiu de 17,5 para 15 nos últimos sete dias. No mesmo período, a taxa da síndrome em pacientes com covid-19 apresentou redução de 8,4 para 10.

Mesmo assim, a secretária manteve a micro na onda vermelha. “Com esses dados da nossa micro Piumhi, vai para a onda amarela a partir de sábado, 6. Mas, devido aos princípios de cautela, vamos manter ainda a onda vermelha. Mesmo porque, algumas dessas microrregiões estão em ondas vermelhas, então a macrorregião Sul continua na onda vermelha”, disse Rosângela.