Destaques Saúde

Região chega a 50 mil casos de covid-19 com queda de 12,7% na última semana

Por Gabriella Alux/ Redação

25 de outubro de 2021

Foto: Reprodução.

PASSOS – A região atingiu, nesta sexta-feira, 50.018 mil casos de infecção pela covid-19 desde o início da pandemia. De acordo com boletins epidemiológicos divulgados por prefeituras, foram 239 novos registros entre os dias 15 e 22 deste mês, com queda de 12,7% no período, 35 a menos que na semana anterior (274). O número de mortes chegou a 1.426 na última sexta, três a mais que na semana anterior, mas também com queda.

De acordo com a enfermeira da Secretaria de Saúde de Passos Priscila Soares Corrêa Faria, houve uma queda significativa no número de óbitos por covid-19 no município. Segundo ela, pela vacinação anticovid estar avançada, esse é um dos motivos da baixo número no aumento de casos e óbitos.

“Em outubro, infelizmente, tivemos dois óbitos, até o momento, sendo uma pessoa que estava internada em outro município, mas era residente de Passos, e uma idosa de 74 anos. Ainda assim, as notificações, casos positivos e internações pela covid-19 também encontram se em diminuição. A vacinação está bem avançada no município. Passos está, atualmente, vacinando adolescentes acima de 13 anos e também aplicando a terceira dose os idosos, imunodeprimidos e profissionais de Saúde. Com isso, podemos verificar uma grande eficácia na vacinação devido aos índices estarem diminuindo”, declarou Priscila.

A última semana teve 239 casos positivos e três óbitos por complicações da covid-19. As mortes ocorreram em moradores de Alpinópolis, Fortaleza de Minas e Monte Santo de Minas.

Em relação ao número de casos positivos, Passos foi o município que teve o maior aumento na última semana. Em seguida, Piumhi (35), Guapé (31), Delfinópolis e Nova Resende, com 26 casos em cada, São Sebastião do Paraíso (22), Pratápolis (13), Monte Santo de Minas (nove), Alpinópolis (cinco) e Bom Jesus da Penha e Pimenta, com seis casos em cada, completam o ranking dos dez municípios com maiores registros.

Carmo do Rio Claro, Ibiraci e Itaú de Minas tiveram quatro casos em cada, São Roque de Minas (dois) e Cássia, Doresópolis e São João Batista do Glória registraram uma ocorrência cada e São Tomás de Aquino, São José da Barra, Vargem Bonita, Jacuí, Itamogi, Fortaleza de Minas, Capetinga, Capitólio e Claraval não tivera registros.