Destaques Saúde

Primeira embolização cerebral é realizada no Hospital Unimed

22 de dezembro de 2020

A equipe do Hospital Unimed realizou o procedimento, que trata-se de uma técnica minimamente invasiva. / Foto: Divulgação

Foi realizada no Hospital Unimed em Passos/MG uma cirurgia em uma paciente de 48 anos para tratamento de um aneurisma com o uso da técnica de embolização cerebral, que pela primeira vez foi realizada na instituição hospitalar. Trata-se de um tratamento endovascular que diminui a circulação de sangue para dentro do aneurisma, através da inserção de Stentes para ocluir o aneurisma.

Para aneurisma cerebral existem duas técnicas: microcirurgia ou embolização cerebral. Não existe na literatura médica relatos de que uma seja melhor que a outra. São técnicas complementares e indicadas de acordo com o tipo de aneurisma. A paciente apresentava um aneurisma profundo na região do seio cavernoso do cérebro. A princípio, a paciente deu entrada no hospital apresentando apenas uma dor de cabeça, sem sangramento, porém com a realização da avaliação clínica e dos exames constatou-se que se tratava de um aneurisma, que foi embolizado para evitar que houvesse uma ruptura dele futuramente. Trata-se de uma técnica minimamente invasiva com maior preservação anatômica”, detalha o neurocirurgião Nícollas Nunes Rabelo.

Após o procedimento, a paciente foi encaminhada para a UTI da instituição hospitalar. No pós-cirúrgico, foi necessária a administração de anticoagulantes para evitar a formação de trombos no cérebro. A paciente já teve alta. Participaram do procedimento o neuroradiologista intervencionista, Francisco De Lucca Júnior, convidado da equipe, os neurocirurgiões Nícollas Nunes Rabelo e Marcos Antônio de Oliveira e o anestesiologista Renato Piantino, além da enfermagem e técnicas de enfermagem do Hospital Unimed.