Destaques Saúde

Prefeituras aumentam restrições na região

22 de Maio de 2021

Novas medidas visam conter avanço da pandemia no município. / Foto: Divulgação

S. S. PARAÍSO – A Prefeitura de Sebastião do Paraíso, por meio da Secretaria de Segurança Pública, Trânsito Transporte e Defesa Civil, com apoio da Guarda Municipal, Polícia Militar e Vigilância Sanitária, iniciou na noite de quinta-feira, 20 de maio, operação de fiscalização em cumprimento ao decreto 5851, em vigor até o dia 26, que estabelece restrição de circulação das 20h às 5h e funcionamento do comércio noturno somente na modalidade delivery a partir das 20h.

A Administração reforça a necessidade da população respeitar o decreto tendo em vista a preocupação com a possibilidade da circulação da variante do coronavírus no município. Durante a primeira noite de fiscalização, foram interditados três estabelecimentos que estavam em desacordo com as normas vigentes no decreto. Para o secretário de Segurança Pública, Trânsito, Transporte e Defesa Civil, João Paulo Alves Bueno, o saldo foi positivo porque grande da população entendeu o propósito e respeitou o que foi alertado pela Prefeitura.

Na tarde de sexta-feira, 21, outra fiscalização foi realizada durante a tarde em diversos pontos da cidade, para certificar se os estabelecimentos estão cumprindo as normas vigentes em decreto. A Prefeitura ressalta a necessidade da população respeitar as normas vigentes para conter o avanço da doença no município. Segundo o vice-prefeito, Daniel Tales, “a maior parte do comércio está seguindo todas as medidas de segurança e é importante que a população também faça a sua parte, senão não conseguiremos vencer essa doença. É preciso a união de todos”, finaliza.


Toque de recolher

Prefeituras de cidades da região decretam toque de recolher e medidas mais restritivas para tentar conter o aumento no número de casos e de mortes pela covid-19. Em Passos, decreto assinado pelo prefeito Diego Oliveira limita o funcionamento de estabelecimentos essenciais e não essenciais até as 21h entre segunda e sexta-feira, no período de 22 de maio a 5 de junho.

Aos sábados, domingos e feriados, somente os estabelecimentos considerados essenciais e restaurantes e postos de combustíveis localizados às margens da MG-05 poderão funcionar, também com limite até as 21h. O decreto também proíbe a circulação de pessoas após esse horário e o consumo de bebidas alcoólicas em áreas públicas, a realização de festas e eventos, tanto públicos como particulares, e a prática de esportes coletivos e de contato, em locais públicos ou privados, salvo treinamento técnico sem contato e com distanciamento.

Em Piumhi, o prefeito Paulo César Vaz também decretou toque de recolher para o comércio, indústria e serviços em geral até as 19h, de segunda a sábado, a partir de hoje, 22. Bares, restaurantes, lanchonetes, pizzarias, supermercados, mercearias, sorveterias, trailers, carrinhos de lanche, lojas de conveniência e outros estabelecimentos do gênero só poderão funcionar até as 14h aos domingos e feriados.

Restaurantes e postos de combustíveis nas margens da MG-050 poderão funcionar, diariamente, até zero hora, mas o consumo e fornecimento de bebidas alcoólicas só serão permitidos até as 19h. O decreto também proíbe o consumo de bebidas em locais públicos, colocação de mesas e calçadas nas calçadas, cinema, teatro, casas de shows, eventos, festas, a locação de casas, ranchos e similares para confraternizações e impõe toque de recolher entre 20h e 4h.

Em São José da Barra, o prefeito Paulo Sérgio Leandro de Oliveira também limitou, por decreto, o horário de funcionamento de todos os estabelecimentos, com exceção de farmácias e drogarias, ate as 21h e proibiu a prática de esportes coletivos e de contato em áreas públicas e privadas.