Destaques Saúde

Prefeitura de Itaú de Minas destina R$100 mil para hospitais

10 de abril de 2021

Foto: Divulgação

PASSOS – O agravamento da pandemia da covid-19 tem exigido mais dos hospitais, que estão em constante ameaça de colapso por falta de leitos e de medicações. Com o intuito de auxiliar no enfrentamento a covid-19, a Prefeitura de Itaú de Minas, em parceria com a Câmara Municipal de Itaú, irá destinar verbas para a Santa Casa de Misericórdia de Passos (SCMP) e para o Hospital de Itaú. Ao todo, a verba será de R$100 mil, sendo que R$60 mil será para a instituição passense e os outros R$40 mil para o hospital do município.

Para que o recurso fosse disponibilizado às entidades, houve uma reunião na sede da Prefeitura com os vereadores de Itaú de Minas nesta quinta-feira, 8. A proposta partiu do executivo e foi apoiada pelos parlamentares. Com isso, o valor será dividido entre os poderes, sendo que R$50 mil foi um adiantamento devolvido pela Câmara aos cofres públicos e o restante sairá de recursos próprios da Prefeitura.

Após tomar conhecimento das situações das instituições, avaliamos nossa disponibilidade financeira e definimos que era necessário um aporte da Câmara Municipal. Chamamos a presidente que convocou os demais vereadores. Na reunião nos atenderam prontamente”, afirmou o vice-prefeito, Matheus Vilela.

O prefeito de Itaú de Minas, Norival Lima, complementou dizendo que “estamos juntando esforços aos municípios da região e resolvemos unir junto ao legislativo para contribuir com a Santa Casa e o Hospital Itaú. Entendemos que ambas instituições são fundamentais em todos os momentos, principalmente agora, já que há muito estamos vivenciando uma pandemia que tem afetado a vida de todo mundo”.

O valor que será repassado pelo executivo de Itaú de Minas para a SCMP faz parte do acordado com os outros municípios da Associação dos Municípios da Microrregião do Médio Rio Grande (Ameg), que decidiram em uma reunião realizada no dia 29 de março que os prefeitos das cidades da associação irão ajudar financeiramente a instituição. A proposta foi apresentada considerando que as cidades da região utilizam o hospital e que ele poderia entrar em colapso com a falta de medicamentos e leitos para o atendimento de pacientes com covid-19.

Na reunião, foi comentado que a meta é que os municípios consigam destinar um montante próximo a um milhão de reais. Além da gestão itauense, os prefeitos de Carmo do Rio Claro e São José da Barra já divulgaram projetos com valores para ajudar a instituição, serão repassados os valores de R$500 mil e R$100 mil pelas cidades, respectivamente.

A SCMP conta com 50 leitos de UTI e 45 de enfermaria destinados ao tratamento da Covid-19. Já o Hospital de Itaú possui quatro leitos para o tratamento da doença, que foram abertos no início do mês após tratativas com o executivo. O objetivo é que o hospital ganhe mais dez leitos.