Destaques Saúde

Prefeitura cria central para monitorar covid em Alpinópolis

12 de janeiro de 2021

Foto: Divulgação

ALPINÓPOLIS – Começou a funcionar no último domingo, 10, a Central do Monitoramento da Covid-19 em Alpinópolis. Através da central os munícipes podem realizar denúncias sobre aglomerações no disque denúncia e ainda poderão acompanhar as demandas através do protocolo gerado.

De acordo com o prefeito de Alpinópolis, Rafael Freire, a Central do Monitoramento da Covid-19 foi criada “após reunião com o Comitê de Enfrentamento da Pandemia, a qual foi lavrada uma ata, como uma das medidas para tentar frear o avanço do vírus na cidade”. Freire explica que no ano passado existiu apenas o disque denúncia que funcionou por pouco tempo.

No ano passado existiu um disque denúncia, porém, funcionou por pouco tempo. Foi só mais no começo da pandemia, mas não era uma central como a que estruturamos. Temos até uma ficha específica para o atendimento e agora o cidadão poderá acompanhar a sua denúncia através de um protocolo gerado”, disse.

Ainda de acordo com Freire, a central conta com o trabalho de uma enfermeira e bióloga, que ficará encarregada de realizar o monitoramento de casos de covid-19 no município junto com o Programa de Saúde Familiar (PSF).

A Central conta com o trabalho de uma enfermeira que também é bióloga, nossa chefe de saúde hospitalar e ambulatorial, que ficará encarregada de fazer este monitoramento junto aos PSFs, ambulatório central, hospital e Polícia Militar, além de acompanhar o disque denúncia em tempo real e alimentar a PM com informações precisas de descumprimento do decreto e de aglomerações”, destacou.

Além da central, a prefeitura já está avaliando a incorporação de um Centro Médico, onde serão direcionados todos os casos suspeitos do município.

Junto ao Centro de Monitoramento já estamos avaliando a incorporação de um Centro Médico, mantidos com recurso específico do coronavírus, onde iremos direcionar todo atendimento dos casos suspeitos para este local, evitando assim uma maior contaminação dos profissionais de saúde da cidade e uma menor circulação do vírus pela cidade. Todas essas ações estruturantes são prezando pela saúde pública da nossa população e também levando em consideração a economia. Nosso desejo é fazer com que a cidade passe por essa pandemia com o mínimo de desgaste possível.”, disse Freire.