Destaques Saúde

Prefeitos da Ameg adotam protocolo contra pandemia

12 de junho de 2020

Para o presidente da Ameg e prefeito de Piumhi, Adeberto José de Melo, o Deco, esse alinhamento regional é muito importante para que as ações alcancem os efeitos desejados. / Fotos: Divulgação

PASSOS – Em reunião realizada na sede da Associação dos Municípios da Microrregião do Médio Rio Grande (Ameg), prefeitos e prefeitas presentes decidiram pela adoção de um protocolo único a ser implementado visando o controle e o combate da covid-19, com critérios para a retomada das atividades comerciais, produtivas e sociais na região. A proposta foi apresentada pelo prefeito de Capitólio, José Eduardo Terra Vallory, avaliando dados específicos e a realidade da Microrregião de Saúde dos municípios vinculados à Superintendência Regional de Saúde de Passos.

Estiveram presentes, prefeitos e representantes dos municípios de Capetinga, Capitólio, Carmo do Rio Claro, Cássia, Delfinópolis, Fortaleza de Minas, Guapé, Itaú de Minas, Passos, Piumhi, Pratápolis, São João Batista do Glória, São José da Barra e São Sebastião do Paraíso. Também marcaram presença representantes da Ong Enveritas e da Superintendência Regional de Saúde.
Para o presidente da Ameg e prefeito de Piumhi, Adeberto José de Melo, o Deco, esse alinhamento regional é muito importante para que as ações alcancem os efeitos desejados e que o controle da pandemia do covid-19 seja efetiva com resultados mensuráveis.

Nós que estamos na linha de frente precisamos tomar decisões que interferem na vida de todos os cidadãos, então é preciso que a gente dê os passos de forma bem consciente, avançando quando tiver condições seguras e regredindo se a situação piorar”, comentou.

Em sua fala, José Eduardo Vallory, ressaltou que, apesar de haver duas opções de protocolo em Minas Gerais, em ambos os casos a realidade microrregional não é considerada, prevalecendo a realidade das macrorregiões, situação que não reflete as condições dos municípios da Ameg.

Nós chamamos, provisoriamente, de Plano Sudoeste Seguro, essa proposta que é baseada em três pilares, considerando a retomada ou regressão das atividades econômicas, a tomada de decisões a partir de indicadores epidemiológicos e assistenciais, e, por fim, o funcionamento de cada setor com a adoção de critérios e restrições conforme a classificação de essencialidade”, explicou.

Parceria

O segundo critério do plano proposto, ou seja, a tomada de decisões a partir de indicadores epidemiológicos e assistenciais, será possível a partir de uma parceria entre a Ameg e a Ong norte-americana Enveritas, que já atua na região realizando estudos e pesquisas com foco no desenvolvimento de pessoas e regiões.

A instituição se propõe a oferecer gratuitamente aos municípios da região a plataforma de pesquisas da entidade, que seleciona de forma randômica residências a serem visitadas para a testagem e coleta de dados e o volume de 1.100 testes rápidos para covid-19 consolidando a pesquisa que ajudará a balizar o Plano Sudoeste Seguro.

Conforme o representante da Enveritas, Murilo Bettarello, a pesquisa e a testagem por amostragem na região será fundamental para que, com dados completos, os municípios da região possam tomar decisões mais assertivas que impactam a saúde pública e o desenvolvimento econômico neste momento de pandemia.

Ficou acertado que uma versão final da Proposta do Protocolo Regional será finalizado em parceria entre a Superintendência Regional de Saúde, a Ameg, a Enveritas e o autor do projeto, José Eduardo Vallory, até ontem, quarta-feira, 10, para a definição do cronograma de execução das ações propostas.

Associação tem nova diretoria

PASSOS – Com a desincompatibilização de alguns prefeitos da região visando o processo de eleições para prefeitos, uma nova diretoria foi formada com prefeitos que não disputarão o pleito deste ano. Assumiu como presidente da Ameg o prefeito de Piumhi, Adeberto José de Melo, como 1º Vice-presidente o prefeito de Capitólio, José Eduardo Terra Vallory e como 2ª Vice-presidente a prefeita de São João Batista do Glória, Aparecida Nilva dos Santos.

O conselho fiscal é composto pelos membros titulares sendo, Olga Bastos, representando o município de Passos, Evaldo Bento de Melo, pelo município de Carmo do Rio Claro e Raiane Lara Rodrigues, representando o município de Pratápolis.