Destaques Saúde

Pratápolis suspende programa de cirurgias devido alta na covid

Por Talita Souza / Especial

13 de janeiro de 2022

Em dezembro, foram realizadas 21 cirurgias de catarata em pacientes do município./ Foto: Reprodução.

PRATÁPOLIS – A Prefeitura de Pratápolis, por meio da Secretaria de Saúde, deu início à quarta etapa do programa ‘Fila Zero’ em dezembro do ano passado, mas os precedimentos foram suspensos, neste ano, por conta do aumento nos casos de covid-19. No mês passado, foram realizadas 21 cirurgias de catarata, em São Vicente de Minas, para onde a prefeitura encaminhou os pacientes para a realização do procedimento.

De acordo com boletins epidemiológicos divulgados pela prefeitura, entre 31 de dezembro e esta terça-feira, 11, o município registrou 138 novos casos de infecção pelo coronavírus.

Segundo a secretária de Saúde de Pratápolis, Rosilene Antônia Silva, as cirurgias, da quarta etapa do programa, ainda não tiveram continuidade neste ano por causa do aumento de casos de Covid-19 no município.

“Então, nós demos início em dezembro tendo operado 21 pessoas em São Vicente de Minas. Infelizmente dado o aumento considerável de [casos] positivos de Covid-19 e também [o número] de pessoas em isolamento, achamos por bem prorrogar a finalização do programa”, explicou Rosilene.

A secretária afirmou também que os pacientes serão chamados de acordo com a fila de espera das cirurgias eletivas e, por se tratar de uma medida custeada pelo Estado, o município teve gastos apenas com o transporte e a alimentação dos pacientes. Rosilene afirma que, assim que a situação da pandemia estiver sob controle, as cirurgias eletivas do programa voltarão a ser realizadas.

“Estamos com esperança que nossa situação, no geral, melhore, para que todos os municípios possam voltar à vida normal”, disse.