Destaques Saúde

Pratápolis chega a 24 casos positivos de coronavírus

Por Laura Abreu / Especial

24 de junho de 2020

Foto: Divulgação

PASSOS- Pratápolis alcançou o número de 24 casos positivos de coronavírus, sendo 11 pacientes já recuperados e 13 em recuperação. Até está terça-feira, o município já havia notificado 73 casos suspeitos. Somente nesta segunda, foram três novos confirmações de infecção por coronavírus.
O primeiro caso positivo na cidade foi registrado no boletim do dia 14 de maio, após um pouco mais de um mês, são 23 novos casos confirmados.

Segundo a coordenadora do Programa de Saúde da Família (PSF) e da Vigilância em Saúde, Angelina Pimenta Patrício, dos casos, há um caso importado de Ribeirão Preto; um caso de um caminhoneiro importado provavelmente de Santos (SP); quatro casos importados de Franca (SP) e dois de Sertãozinho (SP). O restante dos casos são de pessoas próximas e familiares.

Angelina comentou, também, que todos os casos estão sendo monitorados, mas que apesar disso, as aglomerações acabam dificultando o trabalho.

Infelizmente o município tem sofrido muito com as aglomerações, devido a elas, o acesso a todos os contatos quando descobrimos um contaminado tem dificultado. Quando os contaminados estão somente entre familiares é muito mais fácil você fazer o isolamento social rápido e eficaz naquele positivado”, completou.

De acordo com a secretária municipal de saúde, Rosilene Antônia da Silva Santos, o número alto de casos positivos no município é resultado da ampla testagem, que foi implementada no combate ao vírus. Até o momento já foram testadas 248 pessoas, dentre notificados e familiares. Há um caso positivo assintomático, que não foi testado pela administração municipal.

Temos cumprido nosso compromisso com a saúde, adotamos todas as medidas necessárias, mas todas essas ações não foram capazes de frear a chegada do vírus em nossa cidade, o qual veio através de moradores que trabalham em outras cidades. Neste contexto, a nossa maior dificuldade tem sido a adesão de parte da população ao isolamento social. Mapear é a melhor forma de monitorar, de forma que hoje sabemos onde estão nossos casos positivos.

Analisando estatisticamente na data desta terça-feira, temos que o município realiza uma média aproximada de 2.870 testes para cada 100 mil habitantes. Comparado à média do Estado de Minas Gerais, temos que o Estado realiza uma testagem de 176 para cada 100 mil. Se analisarmos ainda boletins regionais, temos que nossa média de testagens é imensamente superior a de muitos municípios, até mesmo, municípios com maior população e recursos que o nosso.”, acrescentou.

Comércio

A prefeita de Pratápolis, Denise Alves de Souza, disse que como não há casos graves e internados na cidade e como a administração está conseguindo monitorar, não pretende fechar o comércio esta semana, uma vez que há dados estatísticos que mostram que a transmissão não está ocorrendo no comércio.

Temos a situação sob controle, temos mapeamento de onde está o vírus, então, por enquanto, podemos monitorar, mas não descartamos a possibilidade de regredir caso seja necessário”, explicou.