Destaques Saúde

PMP já gastou mais de R$1,5 mi em ações contra a covid-19

Por Nathália Araújo / Redação

19 de novembro de 2020

Foto: Divulgação (Agência Brasil)

PASSOS – De acordo com as informações divulgadas pelo Portal da Transparência da Prefeitura Municipal de Passos (PMP), no painel de monitoramento do novo coronavírus, a cidade conta com R$10.149.878,36 para serem investidos em ações de combate e enfrentamento à infecção. Deste valor, R$1.501.137,48 já foram gastos, enquanto R$981.473,67 ainda estão caracterizados como débitos pendentes. Para a realização do levantamento, foram consideradas todas as transferências que já foram efetuadas e também os repasses previstos até o fim do ano, sendo que a Secretaria Municipal de Saúde é o órgão responsável pela gestão dos gastos.

Contabilizando toda a arrecadação referente a Passos, o montante para as Ações de Saúde Relacionadas ao Enfrentamento da Circulação da Covid-19 soma R$6.788.839,21 e representa 66,88% do total. Como Incremento Temporário do Bloco Saúde na Escola (PSE) e Proteção Social Básica (PSB) são R$691.889,16, enquanto R$777.900 ficaram disponíveis para o custeio de Ações no Sistema Único de Assistência Social (Suas) para Equipamentos de Proteção Individual (EPIs), Acolhimento e Alimentos.

Para somar ao cálculo integral da verba, o repasse do Auxílio Financeiro Municipal já aplicou R$1.660.199,99 no local, sendo a segunda maior quantia recebida com o intuito de minimizar os efeitos causados pela pandemia. Para mais, a Resolução 71465/2020 ainda determinou a transferência de R$184.000, destinados às ações de atenção primária contra a covid-19; a mesma medida que a Resolução 71466/2020 ofereceu R$47.050 para o processo de enfrentamento e recuperação da doença respiratória.

Em relação ao saldo que já foi gasto e aos débitos que ainda não foram quitados, a listagem de empenhos, desenvolvida pela Controladoria Geral Interna do Executivo, aponta que todo o valor das contas é relativo ao Centro de Custo para Enfrentamento à infecção; o qual possui credores físicos e jurídicos. Os principais gastos estão relacionados à compra de aparelhos e medicamentos, assim como EPIs e contratações de serviços clínicos.

Para consultar a relação de receitas e despesas, as tabelas e as demais informações relacionadas ao coronavírus estão disponíveis no site institucional da PMP, o qual pode ser acessado pelo endereço www.passos.mg.gov.br.