Destaques Saúde

PM e brigada vão coibir pessoas nas ruas a partir das 20h em Passos

Por Adriana Dias / Redação

17 de março de 2021

A PM se reuniu com representantes da Prefeitura de Passos e do Ministério Público para preparar um plano de ações com protocolo de atuação durante a onda roxa. / Foto: Divulgação

PASSOS – A Polícia Militar de Minas Gerais vai intensificar as ações de fiscalização durante a onda roxa do programa Minas Consciente, que passa a funcionar em todo o estado de Minas a partir desta quarta-feira, 17, informou o coronel Rodrigo Sousa, comandante da PM, em entrevista coletiva ao lado do governador do estado, Romeu Zema. Em Passos, representantes do setor comercial e industrial já recorreram ao comandante do 12º BPMMG, preocupados com a possibilidade do aumento de furtos, como já teria ocorrido no último final de semana, e saques.


Foto: Divulgação

Você também pode gostar de: Geração de emprego aumenta 80% na região em janeiro de 21

De acordo com o major e subcomandante do 12º Batalhão, Leonardo Abdala Guimarães, que está respondendo pelo comando durante as férias do comandante Luiz Otávio Vieira, desde a manhã desta terça-feira, 16, a PM se reuniu com representantes da Prefeitura de Passos e do Ministério Público para preparar um plano de ações com protocolo de atuação durante a onda roxa.

Vamos aumentar o efetivo nas ruas e a corporação vai disponibilizar o maior número possível de policiais, inclusive dispensando para as ruas os oficiais que trabalham no administrativo. A princípio, para os próximos 15 dias, podendo o prazo ser ampliado, caso necessário”, informou o subcomandante.

Questionado se a PM vai participar da fiscalização, o major Abdala informou que sim.

A função da Polícia Militar é a manutenção da ordem pública, e, neste sentido, estaremos atuando junto com a Brigada de Enfrentamento à Covid-19. Pedimos a toda população que obedeça aos decretos, tanto municipal quanto o estadual”, orientou.

Ação preventiva

Ainda conforme informou o major, nesta quarta-feira, 17, a partir das 20h haverá o lançamento de uma ação preventiva realizada pela prefeitura, Polícia Militar e Corpo de Bombeiros. Veículos vão percorrer os principais corredores comerciais da cidade usando equipamento de som pedindo a conscientização das pessoas.

A ação visa conscientizar a população para a necessidade de permanência em suas residências. Não estamos fazendo toque de recolher. O que o decreto prevê e vamos ajudar na orientação das pessoas é um período de restrição de circulação. Nosso principal objetivo é focar na vida das pessoas. E vamos continuar com as ações preventivas de ofício e potencializar o serviço dedicado ao apoio à fiscalização. Nossa missão é garantir o poder de polícia da Brigada, que volta a atuar com mais rigor para coibir festas clandestinas, aglomerações e na prevenção de roubos e furtos que possam a vir acontecer aos comércios que estarão com suas portas fechadas”, disse Abdala.