Destaques Saúde

Piumhi volta a ter paciente com suspeita da doença em internação

31 de Maio de 2020

Foto: Divulgação (Site EBC)

PIUMHI – Após quase três dias sem nenhum paciente internado suspeito de covid-19 em Piumhi, o Serviço de Controle de Infecção Hospitalar da Santa Casa de Misericórdia informou, nesta quinta-feira, 28, que a Vigilância Municipal de Saúde foi notificada, no dia anterior, de um caso suspeito para a doença.

O paciente está internado em leito clínico de isolamento. Segundo o hospital, a Secretaria Regional de Saúde autorizou, nesta quinta-feira, a coleta do exame pelo método RT- PCR (SWab), seguindo orientações de nota técnica da Secretaria de Estado de Saúde. A Santa Casa informou ainda que

o paciente não se enquadra nos critérios estabelecidos pelo protocolo do teste rápido que estabelece um número mínimo de dias de sintomas”.

Após a divulgação desta notícia, houve vários comentários questionando a respeito da não realização do teste rápido. A realização não se aplica a todo caso suspeito, é necessário que se respeite um número mínimo de dias de sintomas. Segundo a equipe técnica da Santa Casa de Piumhi, o teste rápido só pode ser realizado com no mínimo sete a 10 dias de sintomas, conforme protocolo das empresas fabricantes.

Esclarecimento

Entre os comentários sobre as dúvidas do teste rápido, o médico piumhiense Wenner Terra Freitas, esclareceu que o teste não tem validade nos primeiros dias de sintomas da covid-19.

A funcionalidade do teste é em torno do décimo quinto dia. Mesmo se a pessoa estiver com a covid-19, ao fazer o teste rápido no início dos sintomas o resultado sempre será negativo. No início dos sintomas, somente o PCR (o exame pelo método swab) tem valor no diagnóstico, porém este demora um pouco para sair o resultado”, disse ele.

A Santa Casa de Piumhi informou ainda que todos os pacientes que se enquadram nos critérios são testados, e que os testes recebidos por doação são utilizados exclusivamente nos pacientes atendidos pelo SUS.