Destaques Saúde

Passos, Paraíso e Piumhi registram 38 mortes por covid-19 em dez dias

Por Laura Oliveira Hostalácio / Folha da Manhã com Onda Oeste FM

3 de fevereiro de 2021

srs-passos registra 1,3 mil mortes em decorrência da covid nesta segunda-feira./ Foto: Divulgação

PIUMHI – Nas três maiores cidades da região, Passos, Paraíso e Piumhi, 38 mortes por covid-19 foram registradas nos últimos dez dias. Em Passos e Piumhi, foram mais de um óbito por dia. O maior número de mortes ocorreu em Passos (16). O número de óbitos subiu de 45 para 61, conforme boletins epidemiológicos divulgados pela prefeitura do município nos dias 22 de janeiro e nesta terça-feira, 2.

Em Piumhi, os óbitos foram de 17 para 30, no mesmo período. Paraíso, que lidera no número de mortes, passou de 70 para 79. Os casos confirmados de infecção pelo novo coronavírus também tiveram aumento nos três locais. Em Passos, as ocorrências subiram de 2.802 para 3.141. Paraíso passou de 2.225 casos para 2.455 e, em Piumhi, o avanço foi de 1.188 para 1.370. Nos três municípios, foram registrados óbitos por covid-19 nos dois primeiros dias de fevereiro.


O que você também vai ler neste artigo:

  • Piumhi
  • Pérola Negra e centro lideram número de casos confirmados

Piumhi

Desde o início deste mês, Piumhi teve quatro mortes em decorrência da doença. Segundo a Secretaria de Saúde do Município, no período de 25 a 31 de janeiro, sete pessoas morreram em decorrência da doença e a cidade atingiu. Como prevenção, a prefeitura tem investido na sanitização de locais públicos e em medidas para coibir o descumprimento de medidas de proteção.

Na semana passada, somente na terça-feira, 29, foram três mortes por covid-19. De quinta a domingo, o município contabilizou um óbito por dia. No total, foram cinco homens e duas mulheres, com idades entre 49 e 93 anos. Nesta segunda-feira, 1º, um homem de 64 faleceu devido à doença e a Secretaria de Saúde também confirmou que mais dois homens, de 76 e 66 anos, morreram em decorrência da doença, todos estavam internados em Passos.

A Secretária de Saúde, Rosângela Guerra, em entrevista para o anúncio de novo decreto da Prefeitura de Piumhi, afirmou que o problema não tem sido mais o aumento de casos. “Não tivemos aumento, estamos estáveis”, afirmou. Para ela, o aparente aumento no número de casos é em decorrência do aumento do número de testes que foram comprados pela prefeitura e disponibilizados nas unidades básicas de Saúde (UBS).

A gente percebeu que esses casos estão sendo isolados em casa, não estão usando muito o hospital”, afirmou. O problema, porém, tem sido o modo como os doentes chegam para tratamento. De acordo com Rosângela, as pessoas que estão procurando o hospital chegam em estado grave da doença.

Uma medida tomada pelo município para impedir a proliferação do coronavírus em superfícies e diminuir os riscos de contágio entre a população é a higienização e desinfecção em locais públicos da cidade. Nesta terça-feira, 2, o departamento de Urbanismo e Meio Ambiente realizou a higienização, com cloro e mais de 20 mil litros de água no espaço da Feira Livre e da Praça Francisco Campos. Segundo o departamento, substância é recomendada pela Anvisa.


Pérola Negra e centro lideram número de casos confirmados

PIUMHI – A Secretaria de Saúde de Piumhi divulgou os locais com mais casos de pessoas contaminadas pelo novo coronavírus no município. Do total de 40 bairros, 33 registraram casos de covid-19. De acordo com a Secretaria Municipal de Saúde (SMS), o Pérola Negra, que em um total de 239 moradores, 20 pessoas foram contaminadas, e o Centro, onde há 3.107 moradores e 345 tiveram a doença, lideram em contaminações. O bairro que apontou menos casos foi o JK, com apenas uma pessoa infectada, em um total de 428 moradores. Os dados são referentes ao período de duas semanas atrás.