Destaques Saúde

Passos inicia mutirões de combate a arboviroses

Por Talita Souza / Redação

5 de fevereiro de 2021

Durante o mutirão serão realizadas limpezas em terrenos baldios e a remoção de locais onde contém materiais inservíveis. / Foto: Divulgação

PASSOS – Começa hoje, 5, no bairro Jardim Bela Vista, em Passos, o mutirão de combate às arboviroses da Secretaria Municipal de Saúde em parceria com a Secretaria Municipal de Obras, Habitação e Serviços Urbanos e a Secretaria Municipal de Meio Ambiente, Agropecuária e Abastecimento (Semab). O mutirão passará por diversos bairros do município e a previsão é de que se encerre no dia 9 de abril, após passar pelo bairro Cohab V.


Você também pode gostar de:

De acordo com diretor de Saúde Coletiva de Passos, Thiago Agnelo Salum, o mutirão vai começar no Jardim Bela Vista devido ao alto índice de infestação que o bairro apresentou no Levantamento Rápido de Índices para o Aedes aegypti (LIRAa).

Ainda de acordo com Salum, durante o mutirão serão realizadas “limpezas em terrenos baldios e a remoção de locais onde contém materiais inservíveis”. Segundo ele, mais de 150 funcionários públicos estarão envolvidos no mutirão.

É um trabalho onde nós vamos fazer o combate à dengue, orientando a população, fazendo a remoção de materiais que possam acumular água, materiais inservíveis e também pedindo a população a limpeza dos seus terrenos e quintais”, disse.

O diretor afiram que o setor de Limpeza Urbana e a Semab farão a intensificação e a remoção de materiais inservíveis, enquanto o departamento de Fiscalização Urbanística ficará a cargo das notificações, autuações com multa e encaminhar para a Justiça os procedimentos em relação aos proprietários de imóveis e lotes abandonados que não realizarem a limpeza.

As pessoas serão multadas e também vão responder pelo Artigo 286, que é crime contra a saúde pública”, explicou Salum.

Devido ao baixo número de casos de dengue, chikungunya e zika no município, não será realizado o Ultra Baixo Volume (UBV), conhecido como ‘fumacê’, em Passos. “O fumacê é disponibilizado quando todas as ações de trabalho, de combate, controle e eliminação não conseguiram bloquear e as arboviroses”, disse Salum.


Casos de dengue, chikungunya e zika na cidade e região

PASSOS – Na última quarta-feira, 3, a Secretaria Estadual de Saúde de Minas Gerais (SES-MG) divulgou o último boletim epidemiológico de arboviroses urbanas no estado. De acordo com o documento, Passos registrou três casos prováveis de dengue, dezenove registros a menos do que no boletim anterior.

São Sebastião do Paraíso, que estava logo depois de Passos no ranking de cidades com mais notificações de dengue na região, agora ocupa o primeiro lugar com 35 casos prováveis de dengue e um de chikungunya. Piumhi vem logo depois, com 31 casos prováveis de dengue.

Capitólio, em terceiro lugar, tem doze casos prováveis de dengue. Doresópolis e São João Batista do Glória aparecem, respectivamente, com cinco e quatro notificações da doença. Itaú de Minas também entra no ranking, com dois casos prováveis. Alpinópolis, Capetinga e Monte Santo de Minas têm uma ocorrência cada. Os demais municípios da região não apresentaram casos da doença. A SES-MG também não contabilizou nenhum caso provável de zika e de óbitos na região.