Destaques Saúde

Passos fez cerca de 1,2 mil testes rápidos para detectar coronavírus

26 de junho de 2020

Foto: Divulgação

PASSOS – Em Passos, até a última quarta-feira, já haviam sido realizados 1.268 testes para a detecção do novo coronavírus. O procedimento é feito em profissionais de saúde que trabalham na linha de frente, pacientes com sintomas de covid-19 e também em pessoas que tiveram contato com pessoas infectadas. Segundo informações da prefeitura, o município recebeu cerca de 2 mil testes rápidos do Ministério da Saúde.

Caso o paciente apresente os sintomas, um profissional de saúde poderá solicitar exames laboratoriais, sendo eles, de biologia molecular (RT-PCR) que diagnostica tanto a covid-19, a Influenza ou a presença de Vírus Sincicial Respiratório (VSR); o teste sorológico, nesse caso, conhecido como IgG e o teste rápido.

No laboratório da Santa Casa de Passos só é feito sorologia IgG e é necessária a solicitação médica. O exame custa R$250 reais e o resultado sai em cinco dias.

A prefeitura, por meio da Secretaria Municipal de Saúde, informa que o PSF realiza o teste rápido no paciente notificado a partir do décimo segundo dia com sintomas, uma vez que este é o período ideal para avaliação dos anticorpos. O teste é disponibilizado na unidade básica de saúde para os indivíduos notificados com suspeita de covid-19 e que apresentarem sintomas gripais.

Diante de uma notificação de caso suspeito, é essencial o isolamento domiciliar no período de 14 dias, além do acompanhamento e monitoramento médico do paciente e das pessoas que tiveram contato com ele.

Clínicas particulares

Em clínicas particulares, o valor médio para realizar os testes varia de R$190 a R$250 e, em alguns casos, é solicitado o pedido médico. De acordo com a bioquímica Antonina Teixeira Faria, há uma procura razoável pela realização dos exames.

Temos tido uma procura razoável e os que deram positivos, tanto em pessoas com sintomas e sem, seguiram a orientação. Quando temos casos positivos ou negativos avisamos a vigilância imediatamente, Passos está em uma situação até boa se comparado com outras cidades”, disse.

Antônio Paschoini, bioquímico que trabalha em uma clínica especializada, afirma que todos os testes realizados deram resultado negativo. “Não temos muita procura, já fizemos mais de 50 testes rápidos e todos deram negativo”, disse.