Destaques Saúde

Passos atinge 40% de cobertura na vacinação contra a covid-19

Por Gabriella Alux/ Redação

10 de julho de 2021

Foto: Divulgação

PASSOS – Com 46.289 moradores vacinados contra a covid-19, Passos atingiu cobertura de 40,13% da população. Segundo informações da prefeitura, 45.945 pessoas tomaram a primeira dose da vacina e 344 receberam o imunizante em dose única. No município, 14.197 pessoas já receberam a segunda dose e, no total, 60.486 vacinas foram aplicadas.

O imunizante em dose única, da Janssen, foi aplicado em 150 caminhoneiros e 135 trabalhadores da limpeza urbana e manejo de resíduos sólidos. Além dos 150 caminhoneiros que tomaram a vacina da Janssen, quatro profissionais receberam a primeira dose da vacina de outros fabricantes. Entre as pessoas com 55 e 59 anos, 1.454 já receberam a primeira dose. Na faixa etária dos 48 aos 54, a primeira etapa da vacinação foi realizada em 4.075 moradores da cidade.

De acordo com informações da prefeitura, 124 idosos e 19 pessoas com deficiências que vivem em instituições como asilos e abrigos já estão imunizados com a segunda dose da vacina e 26.384 doses já foram aplicadas em idosos na faixa etária de 60 a 90 anos ou mais, sendo que 9.320 receberam a imunização em duas etapas. Dos 6.280 profissionais e trabalhadores de Saúde que tomaram a primeira dose, 4.485 já receberam a segunda. No município, 1.141 profissionais das forças de segurança e salvamento e pessoas privadas de liberdade já foram imunizados, sendo que 70 aguardam pela segunda dose e 59 se imunizaram com a vacina Janssen.

Também já foram imunizadas, com a primeira dose, 107 pessoas com deficiência que estão cadastradas no Benefício de Prestação Continuada (BPC), 115 pessoas sem deficiência cadastradas no BPC, 638 gestantes, 152 puérperas, 2.103 profissionais da Educação e 100 pessoas em situação de rua.

O atual cronograma de vacinação em Passos contempla a vacina para profissionais de instituições de ensino de 18 a 59 anos, gestantes e puérperas com, no mínimo, 18 anos, lactantes até seis meses e 29 dias, pessoas com comorbidades e deficiência permanente acima de 18 anos e população geral sem comorbidades acima de 46 anos.


Horário

A prefeitura estendeu os horários de funcionamento das salas de vacinas para até as 20h, a partir de segunda-feira, 12. As vacinas, inclusive as de rotina e contra a gripe, podem ser tomadas das 7h30 às 16h no São Lucas. Para a imunização com a 1ª dose da vacina contra a covid, o funcionamento é até as 20h no São Lucas, na unidade do Programa de Saúde da Família (PSF) CSU e no Coimbras 1.

Estendemos o horário para atender pedidos das pessoas que trabalham durante a semana. Aos sábados, essas salas também passam a funcionar das 8h às 12h”, afirmou o prefeito de Passos, Diego Oliviera.

Em todas as salas de vacina, o horário permanece, de segunda-feira a sexta-feira, das 7h30 às 11h e das 13h às 15h30 para vacinas de rotina, gripe e 2ª dose contra a covid-19.


SRS Passos entrega 17,7 mil doses aos municípios

Foto: Divulgação

PASSOS – A Superintendência Regional de Saúde de Passos (SRS-Passos) distribuiu aos municípios nesta sexta-feira, 17.790 doses de vacinas contra a covid-19 referentes à 26ª remessa enviada pela Secretaria de Estado de Saúde de Minas Gerais (SES-MG). Os imunizantes são destinados às pessoas de 55 a 59 anos, trabalhadores da indústria, limpeza urbana e resíduos sólidos, pessoas com comorbidades e deficiência permanente, caminhoneiros, funcionários e população do sistema carcerário.

As vacinas entregues são da Janssen (6.550 doses), Fiocruz (6.500), Pfizer (4.620) e Coronavac (120), que deverão ser administradas pelas salas de vacinação das secretarias municipais de Saúde conforme as orientações da coordenação estadual do Programa de Imunizações da SES-MG e o Programa Nacional de Imunizações (PNI), do Ministério da Saúde.

A vacina da Janssen é para dose única e deverá ser administrada em 18,55% das pessoas de 55 a 59 anos, 100% dos funcionários e população do sistema prisional, 4% dos trabalhadores industriais e 11,5% dos caminhoneiros. A da Fiocruz é para a segunda dose em 11,6% das pessoas com comorbidades e deficiência permanente. A da Pfizer é para a primeira dose de 13,45% das pessoas de 55 a 59 anos, 4% dos trabalhadores da indústria, 60% dos trabalhadores da limpeza urbana e resíduos sólidos. Já a Coronavac foi entregue a municípios que possuem trabalhadores do transporte aquaviário.