Destaques Saúde

Paraíso registra mais uma morte por covid-19 e chega a 67 óbitos

20 de janeiro de 2021

Foto: Divulgação

S.S. DO PARAÍSO- De segunda-feira, 18, para terça-feira, 19, São Sebastião do Paraíso registrou quase 70 novos casos de covid-19, além de um novo óbito. Ao todo, o município contabiliza 2.142 casos confirmados da doença. A UTI Covid, na Santa Casa de Misericórdia, que no início da semana atingiu 100% de lotação, agora está com 75%. Ela foi ultrapassada pela Enfermaria Covid, com taxa de 80,85%. O município buscará em Passos as primeiras doses da vacina Coronavac na manhã desta quarta-feira, 20. No entanto, ainda está em manutenção o gerador para a refrigeração dos imunizantes.


Veja no LINK abaixo o número de óbitos em decorrência da covid na região:

A evolução da covid na região

Segundo o Boletim Diário Covid de terça-feira, Paraíso tem 69 novos casos da doença e uma nova morte confirmados. Dos 20 leitos de UTI disponibilizados, 15 estão em uso, sendo nove por munícipes e seis por pessoas de fora da cidade. Já na Enfermaria, 38 dos 47 leitos estão ocupados, a maioria por residentes do município (31). Há 29 casos confirmados em internação hospitalar e outros 52 em isolamento domiciliar – bem como 215 suspeitos monitorados.

A Prefeitura de Paraíso confirmou que, às 11 horas desta quarta-feira, enviará uma equipe à Superintendência Regional de Saúde de Passos para buscar as primeiras doses da vacina Coronavac, do Instituto Butantan. A operação contará com apoio de escolta da Polícia Militar.

Conforme a Regional, “por motivos de segurança, capacidade de armazenagem e controle de temperatura, os municípios vão receber apenas a quantidade necessária para aplicação da primeira dose. O restante permanecerá na rede de frios da Regional de Saúde e só será distribuído para os municípios após 14 dias da aplicação da primeira dose”. Também por segurança, o quantitativo a ser distribuído para cada município não foi divulgado.

Na terça-feira, São Sebastião do Paraíso já havia recebido 75 caixas, cada uma com 500 seringas agulhadas para a aplicação da vacina. Em um vídeo ao vivo nas redes sociais, o prefeito Marcelo Morais informou que o município já está com sala de vacinação pronta para iniciar a imunização. Ele tranquilizou a população e disse que, à medida que novas doses forem chegando, “não vai haver possibilidade de passarem um na frente do outro”.

A vacinação deve ser realizada no Posto de Puericultura, no centro do município. No entanto, a Prefeitura Municipal detectou nesta semana que a placa do gerador de energia do local está estragada. O gerador é importante para garantir que, caso ocorra um pico de energia, as vacinas continuem refrigeradas. Sem isso, corre-se o risco de perder todos os imunizantes.

A Prefeitura avalia a possibilidade de alugar um novo gerador enquanto é feita a manutenção. Outra solução é encaminhar os imunizantes para a Unidade de Pronto Atendimento – UPA, que também conta com refrigeradores e pode realizar a imunização. Ainda não foi confirmada a data de início desse processo, nem a primeira pessoa que receberá a dose.

No mesmo vídeo nas redes sociais, o vice-prefeito, o médico Daniel Tales, informou que as primeiras doses serão destinadas à equipe de vacinação e profissionais de saúde que estão na linha de frente no combate ao novo coronavírus, incluindo as redes pública e privada de saúde. Devido ao quantitativo reduzido de imunizantes, os idosos não serão contemplados nesse momento. A vacinação segue a determinação dos grupos prioritários, conforme os planos nacional e estadual de vacinação.