Destaques Saúde

Paraíso registra 3ª morte por covid e região chega a 17 óbitos

Por Ralph Diniz / Especial

11 de julho de 2020

Foto: Reprodução (Site EBC)

S.S. PARAÍSO – Na manhã de ontem, 10, mais uma pessoa morreu por causa do novo coronavírus em São Sebastião do Paraíso. Este é o segundo óbito confirmado nesta semana, no município. A terceira vítima fatal da covid-19 era uma mulher de 89 anos. Na região, já são 17 óbitos em decorrência da doença. Piumhi, com quatro mortes, é o município com maior incidência, seguido por Passos, Paraíso e Alpinópolis, cada um com três registros, Capitólio (dois), Carmo do Rio Claro (um) e São Tomás de Aquino (um). A região chegou a 455 casos confirmados da doença nesta sexta-feira, segundo boletins divulgados pelas prefeituras e pela Secretaria de Estado de Saúde (SES).

De acordo com uma fonte, a idosa havia sido diagnosticada com o novo coronavírus e recebia tratamento na Unidade de Terapia Intensiva (UTI) da Santa Casa de Misericórdia de Paraíso, contudo, ela não resistiu ao agravamento dos sintomas e morreu. Ela foi sepultada no Cemitério da Saudade, em Paraíso, no início da tarde de ontem. Não houve velório, e os servidores responsáveis pelo enterro fizeram uso de roupas especiais para evitar o contágio.

Todos os óbitos causados pelo novo coronavírus no município foram de pessoas idosas. Além da vítima de ontem, um homem de cerca de 80 anos teve a morte confirmada no início desta semana após realização de exame laboratorial. Em abril, outra mulher, de 72 anos, faleceu por causa da doença horas depois de dar entrada na Santa Casa.

De acordo com o último boletim da Secretaria de Saúde, divulgado na tarde de ontem, Paraíso tem 61 casos do novo coronavírus. Além das três mortes, 50 pessoas já se recuperaram da doença e oito estão em isolamento domiciliar. Não há nenhum paciente internado no hospital paraisense que tenha confirmação de infecção por covid-19.

Ainda segundo a prefeitura, já foram notificados 812 casos suspeitos, dos quais 195 estão em regime de isolamento domiciliar e são monitorados pela Coordenadoria de Vigilância em Saúde. Os dados também apontam que 92 casos foram descartados após realização de exames, entre eles sete óbitos.

Até ontem, 17 pessoas ocupavam os leitos da enfermaria covid da Santa Casa, sendo que 13 delas vivem na cidade e quatro moram em outros municípios da microrregião. Há ainda cinco pacientes com sintomas suspeitos da doença internados na Unidade de Terapia Intensiva do hospital, sendo que apenas dois deles são munícipes. A taxa de ocupação dos leitos reservados para o tratamento da doença é de 36,17%, na enfermaria, e 25%, na UTI. Segundo a prefeitura, a redução do isolamento social tem contribuído para aumentar a ocupação dos leitos.