Destaques Saúde

Paraíso encerra aplicação das 737 doses da 1ª fase da vacina

3 de fevereiro de 2021

A partir de amanhã, 4, a Vigilância inicia a aplicação da segunda dose desses grupos que já foram imunizados em são sebastião do Paraíso. / Foto: Divulgação

S. S. PARAÍSO – A Vigilância em Saúde praticamente encerrou, nesta terça-feira, 2, a primeira etapa da vacinação contra a covid-19 com as doses que foram enviadas para São Sebastião do Paraíso. Das 737 doses disponibilizadas, 736 já foram aplicadas. Apenas uma servidora do distrito de Guardinha ainda não recebeu a vacina.

A partir de amanhã, 4, a Vigilância inicia a aplicação da segunda dose desses grupos que já foram imunizados e começa a utilizar as vacinas recebidas da AstraZeneca (um total de 810) e das novas doses da Coronavac (434), que chegaram ao Município na manhã desta segunda-feira, 1º. Com isso, mais pessoas serão vacinadas de acordo com a ordem de prioridades.

Conforme explica a coordenadora da Vigilância em Saúde, Fernanda Amorim Spósito Scarano, o município está seguindo uma série de critérios estabelecidos pela Comissão Intergestores Bipartite do Estado de Minas Gerais (CIB-SUS/MG) para a realização dessa vacinação, que depende do envio das doses pelo estado para que todos os grupos sejam contemplados.

Já foram vacinadas pessoas idosas residentes em instituições de longa permanência, como asilo e casa de repouso (147); pessoas com deficiência e que moram em residências inclusivas (52); trabalhadores dos hospitais públicos e privados que realizam atendimento de covid-19 (260).

Também foram imunizados trabalhadores do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) e equipes de remoção de pacientes com suspeita de covid-19 (16); trabalhadores dos serviços de atendimento hospitalar e pré-hospitalar de urgência e emergência, como UPAs e PAs (63); trabalhadores da Atenção Primária à Saúde e Centros de Referência Covid (173) e demais trabalhadores da saúde, incluindo administrativos (25). Os demais grupos serão contemplados assim que houver o envio das doses por parte do Estado.