Destaques Saúde

Paraíso chega a 900 casos de coronavírus

Por Ralph Diniz / Especial

23 de outubro de 2020

A doença matou 24 pessoas em São SEbastião do paraíso. / Foto: Divulgação

S. S. PARAÍSO – Nesta semana, São Sebastião do Paraíso atingiu o número de 900 casos confirmados de covid-19. Apesar de mais de 800 pacientes já terem se recuperado, a doença matou 24 pessoas e mantém outras oito internadas na enfermaria ou Unidade de Terapia Intensiva (UTI) da Santa Casa de Misericórdia. Em Passos, segundo boletim divulgado nesta quarta-feira pela prefeitura, já são 1.271 casos confirmados da doença, sendo que 1.226 pessoas já se recuperaram, 13 estão em recuperação, seis estão internadas e 26 morreram.

Segundo informações da Secretaria de Saúde, até a tarde de quarta-feira, 21, 820 pessoas que contraíram o vírus já haviam conseguido se recuperar. Atualmente, ainda há 48 pacientes em isolamento domiciliar, além das internações.
Nos primeiros 22 dias de outubro, 235 novos casos foram registrados no município, bem como dez óbitos. Mesmo antes de acabar, o mês já é aquele com mais mortes registradas até então. Em setembro, sete pacientes morreram e houve a confirmação de 319 novos casos.

Apesar da intensificação dos trabalhos dos fiscais da prefeitura, não são raros os casos de desrespeito às regras impostas para tentar conter o avanço da doença.

Mesmo com esse número assustador de mortes na cidade, tem um bar aqui em frente de casa que vive cheio de gente. Fica todo mundo junto, sem máscara, como se não estivesse acontecendo nada. É muito triste que, por causa dessas pessoas, outras tantas vão acabar contraindo o coronavírus e morrendo por isso. As autoridades precisam fazer algo para acabar com essas aglomerações”, reclamou uma moradora do bairro Cristo Rei.

Ainda de acordo com os dados da Secretaria de Saúde, 31 pessoas com sintomas suspeitos ou com diagnóstico confirmado de covid-19 permanecem internadas na Santa Casa de Paraíso: 24 na enfermaria e sete na UTI. As taxas de ocupação dos leitos são de 51% e 35%, respectivamente. Não há nenhum óbito suspeito sob investigação na cidade, e o número de casos descartados chegou a 348, incluindo 24 mortes.