Destaques Saúde

Padre com coronavírus segue internado em UTI

5 de agosto de 2020

Foto: Divulgação (Agência Brasil)

PIUMHI – A Diocese de Luz divulgou no domingo, 2, um novo comunicado sobre o estado de saúde do padre Aguinaldo Gualberto Pires, da Paróquia São Sebastião, em Piumhi. O pároco, de 58 anos, foi diagnosticado com covid-19 no dia 11 de julho. Ele completou quase um mês internado na UTI do Hospital São João de Deus, em Divinópolis. Segundo a nota, o “quadro ainda é delicado e inspira cuidados”.

O padre, natural de Formiga, precisou ser internado na Santa Casa de Misericórdia de Piumhi no dia 3 de julho, após apresentar um grande aumento de glicose decorrente da diabetes e problemas de garganta.

Ele foi internado e, depois de controlar a diabetes, constatou-se que ele estava com pneumonia e a doença não cedia aos medicamentos, daí veio a suspeita de que ele estaria com covid-19”, afirmou o padre Antônio de Simone.

Antes que o resultado do teste confirmasse as suspeitas, a pneumonia se agravou e Aguinaldo foi entubado em ventilação mecânica e encaminhado ao hospital de Divinópolis. Após a constatação de covid-19, dias depois, o estado do padre foi de melhoras e instabilidade. No dia 30, o padre Antônio de Simone informou que seria feita uma traqueostomia em Aguinaldo, na tentativa de favorecer o “desmame” do ventilador mecânico.

Segundo a nota da Diocese publicada no domingo, Aguinaldo está respondendo mais ao tratamento após a traqueostomia.

Aos poucos estão reduzindo a sedação e já se percebe pequenos sinais de respostas aos estímulos e uma significativa melhora”, informa o texto. A Diocese salienta que qualquer alteração no quadro clínico do padre será comunicada nos canais oficiais.

O padre, de 58 anos,
é diabético e segue
internado em Divinópolis. / Foto: Divulgação