Destaques Saúde

Pacientes com covid-19 aguardam transferência para vagas em UTI

24 de março de 2021

O prefeito de Alpinópolis, Rafael Freire, têm se mobilizado para que leitos sejam disponibilizados. / Foto: Divulgação

ALPINÓPOLIS – Dois pacientes com covid-19 em Alpinópolis aguardam transferência para leitos de Unidade de Terapia Intensiva (UTI). Conforme a diretora do Departamento Municipal de Saúde, Sandra Mara Morais da Silveira Borges, na última segunda-feira, 22, um total de cinco pessoas infectadas pelo novo coronavírus precisavam de internação, no entanto, até o fim da tarde de ontem, 23, o número foi reduzido para dois.


Você também pode gostar de: Ranking de produtores de leite tem 7 da região entre os maiores

Dos cinco pacientes em estado crítico na segunda-feira, dois conseguiram transferência, sendo um para Cássia e outro para São Sebastião do Paraíso. De acordo com Sandra, o terceiro infectado teve melhora e pôde voltar para casa, enquanto que o quarto paciente se negou à internação e optou pelo atendimento na unidade do Programa de Saúde da Família (PSF).

O quarto paciente voltou ao PSF do bairro em que reside e está sendo observado. O quinto ainda precisa de uma vaga, e hoje [terça-feira], também estamos em busca de mais um leito de UTI, desta vez, para um novo paciente diagnosticado com covid-19. Ou seja, neste momento, precisamos de duas vagas”, contou Sandra.

Em relação aos pacientes que ainda aguardam transferência, a diretora do Departamento de Saúde e o prefeito de Alpinópolis, Rafael Freire, têm se mobilizado para que leitos sejam disponibilizados.

Estamos tentando em toda a nossa região, bem como em outros estados, como em São Paulo. Mas, infelizmente, ainda não conseguimos. Este é um problema nacional, todas as estruturas habilitadas estão lotadas”, disse a diretora.

Prefeito se emociona

Em entrevista concedida a uma rádio, na segunda-feira, 22, o prefeito de Alpinópolis se emocionou ao relatar a busca por leitos de UTI.

Nós precisamos de vagas de UTI e não temos. Nós estamos tentando em todos os lugares. Já liguei em Mairiporã (SP), em Ribeirão Preto (SP), liguei em Araguari (MG), Belo Horizonte (MG). As pessoas estão no nosso hospital, nosso hospital não tem respirador pra todo mundo e é desesperador, porque eu tenho que me manter firme, porque eu tenho que conduzir o povo nesse processo e eu vou fazer isso”, disse.

Freire também relatou que, enquanto busca por leitos, tem sofrido pressão para flexibilizar o funcionamento do comércio.

Me colocam no grupo [em aplicativo de mensagem] de comerciantes daqui da cidade. Comerciante querendo fazer protesto, querendo ir para a Justiça. Vá pra Justiça, vá pra Justiça. Vocês não têm o prefeito frouxo, eu não vou abrir mão de defender a vida do meu povo. Vocês vão para onde vocês quiserem. Vá, mas não espere de mim nenhum retrocesso das medidas que eu adotei até agora. Não espere”, disse.


Boletim

De acordo com o boletim publicado pela prefeitura nesta terça-feira, Alpinópolis registra 576 casos confirmados de covid-19, sendo seis novos casos registrados ontem. Do total de infectados, 492 pessoas estão recuperadas, 69 em isolamento domiciliar, três em tratamento hospitalar e dez faleceram.