Destaques Saúde

Médico Flávio Ferreira assume diretoria técnica da UPA de Passos

Por Mayara de Carvalho / Redação

2 de fevereiro de 2021

O médico Flávio Ferreira é o novo diretor técnico da UPA. / Foto: Arquivo FM

PASSOS – O médico Flávio Ferreira, concursado pela Prefeitura de Passos desde 2006, é o novo diretor técnico da Unidade de Pronto Atendimento (UPA) do município. Ele assume a vaga deixada pelo cardiologista Bruno Borges Reis. Ferreira afirma que os pacientes devem ver mudanças tanto no atendimento quanto na infraestrutura da unidade. Eniandra Oliveira Moraes Aragão é a nova diretora do Departamento Médico Hospitalar e coordenadora da Enfermagem.

Pós-graduado em ortopedia e traumatologia, medicina do trabalho e perícia médica, Flávio assumiu o cargo nesta segunda-feira, 1º. A UPA atende cerca de 300 pessoas por dia em casos de urgência e emergência. Na unidade também são realizados pequenos procedimentos cirúrgicos e ela é considerada a porta de entrada de pacientes para a Santa Casa, no caso de internações e cirurgias de alta complexidade.

Fui convidado e me dispus a ser colaborador na unidade. Trabalho aqui já tem 15 anos. Fico feliz em poder proporcionar melhorias em nossa unidade”, disse o médico.

Segundo ele, o cargo de diretor técnico pede um olhar atencioso para todos os setores e funcionários da unidade.

Verificar as condições de trabalho de cada funcionário em seus setores. É preciso saber as necessidades dos profissionais que lá atuam, dando condições para o desenvolvimento de um trabalho de excelência”, explicou Ferreira.

O novo diretor disse ainda que assumir tal posição é um desafio, especialmente no cenário atual. “Estamos diante de uma pandemia. No entanto, vamos empenhar esforços para o desempenho de um bom trabalho”, assegurou.

O médico falou também que boas condições de trabalho refletem na prestação de serviço de excelência.

A UPA necessita de melhorias, a despeito de todo excelente trabalho desempenhado pela diretoria anterior. Vamos prosseguir. Nossa unidade atende um volume alto de pacientes, sendo que boa parte deles extrapola a seara da urgência e emergência”, apontou.

Sobre o tempo de espera, o diretor ressaltou que, para atendimento, segue o protocolo de Manchester, dando prioridade aos casos de maior urgência, o que faz com que pacientes que não se enquadram nessa classificação tenham um tempo de espera maior que o esperado/desejado.

Flávio Ferreira contou ainda que já se reuniu com a nova secretária de saúde, Priscila Soares Corrêa Faria, para tratarem das questões relacionadas à UPA.

Nossa nova secretaria já trabalhou aqui na UPA e conhece a realidade local. E se propôs a dar atenção especial a nossa unidade. Atendemos um volume muito alto de pacientes”, afirmou.

Ferreira relatou que, com a pandemia, foram disponibilizados leitos para tratamento intensivo de pacientes em estado mais grave, até que estes possam ser encaminhados a hospitais de referencia, como a Santa Casa de Passos

O comprometimento com a população está no topo da lista de prioridades. Conheço a realidade da nossa unidade. Estou confiante de que a nova equipe desempenhará um bom trabalho ofertando um serviço de qualidade para a população”, finalizou.