Destaques Saúde

Números da covid diminuem em Paraíso

13 de novembro de 2020

DEPOIS DE BATER DIVERSOS RECORDES NEGATIVOS DA DOENÇA, MUNICÍPIO REGISTROU APENAS 24 NOVOS CASOS E UM ÓBITO POR INFECÇÃO PELO NOVO CORONAVÍRUS NOS ÚLTIMOS SETE DIAS. / Foto: Divulgação

S.S. PARAÍSO – Depois de três meses com aumento nos casos de infecção pelo novo coronavírus, São Sebastião do Paraíso, parece ter conseguido controlar o número de óbitos e de novos casos da doença no município. Nos últimos sete dias, apenas um paciente morreu em decorrência da doença e outras 24 pessoas foram diagnosticadas com a covid-19.

Segundo o boletim da Secretaria Municipal de Saúde, divulgado na tarde de quinta-feira, 12, Paraíso registrou 1.024 casos da doença desde o início da pandemia. Apenas 24 a mais do que o registrado há uma semana. Nesse período, a média de novos casos positivos foi de apenas 3,42 por dia, número bem abaixo do registrado durante outubro, quando a média diária foi superior a dez.

Ainda de acordo com os dados da prefeitura, apenas uma morte causada por complicações da doença foi registrada no município nos últimos sete dias. A penúltima vítima da covid-19 em Paraíso, uma mulher de 44 anos, morreu no dia 5 deste mês. Até o momento, 33 pessoas faleceram em razão do coronavírus na cidade – quatro delas neste mês.

Dos 1.024 moradores contaminados, 975 já se recuperam completamente. Além disso, nove pessoas com a doença estão em isolamento domiciliar e sete seguem internadas na enfermaria ou na Unidade de Terapia Intensiva (UTI) da Santa Casa de Misericórdia. Há ainda 182 pessoas que apresentaram sintomas semelhantes aos da doença, mas não foram submetidas ao exame de covid. Elas também estão isoladas em suas residências e são monitoradas pela Coordenadoria de Vigilância em Saúde.

Já a ocupação da ala covid da Santa Casa continua oscilando. Até a tarde de quinta-feira, 25 pacientes com suspeita ou confirmação da doença recebiam atendimento no hospital paraisense – 20 estavam internados na enfermaria e cinco, na UTI. As taxas de ocupação dos leitos eram de 42,55% e 25%, respectivamente.

LEIA TAMBÉM: Dr. Aquiles vira alvo e rivaliza com todos os candidatos de Passos