Destaques Saúde

Número de casos prováveis de dengue cresce na região chega a 4 óbitos

Talita Souza

17 de junho de 2022

Passos, Piumhi e São Sebastião do Paraíso são os municípios com mais notificações de dengue da região./ Foto: Arquivo FM.

PASSOS – Na última semana, os casos prováveis de dengue aumentaram 4,43% nos municípios da região, em relação à semana anterior, e um novo óbito foi registrado, em Piumhi. Neste ano, já são quatro mortes em decorrência da doença. De acordo com o boletim de arboviroses divulgado pela Secretaria de Estado de Minas Gerais (SES-MG), foram notificados 10.027 casos prováveis de dengue, 14 de chikungunya e dois de zika nos municípios da região.

Além de Piumhi, São João Batista do Glória, São Roque de Minas e São Tomás de Aquino também registraram óbitos por dengue. Dos 27 municípios do sudoeste mineiro, Alpinópolis, Capetinga, Capitólio, Ibiraci, Itaú de Minas, Passos, Pimenta e São Sebastião do Paraíso tiveram notificações de chikungunya. Passos foi o único município da região a registrar casos prováveis de zika.

Em relação aos casos prováveis de dengue, Passos, com 2.087 registros, é o município com mais notificações, seguido por Piumhi (1.607), São Sebastião do Paraíso (1.565), Cássia (707), Ibiraci (555), Delfinópolis (418), Capitólio (411), Itaú de Minas (365), Pratápolis (359), São Tomás de Aquino (305), Claraval (271), São João Batista do Glória (266), São Roque de Minas (266), Capetinga (255), Guapé (152), Pimenta (135), Vargem Bonita (81), São José da Barra (64), Nova Resende (46), Monte Santo de Minas (41), Itamogi (22), Fortaleza de Minas (18), Alpinópolis (10), Bom Jesus da Penha (8), Jacuí (7), Carmo do Rio Claro (4) e Doresópolis (2).

Em relação à semana anterior, quando foram registrados 9.602 casos prováveis de dengue na região, Monte Santo de Minas (36,67%) e Claraval (35,50%) foram os municípios com maior aumento percentual nos registros. Já Bom Jesus da Penha (-52,94%) e Itamogi (-31,25%) apresentaram queda nas notificações de dengue. Alpinópolis, Capetinga, Capitólio, Carmo do Rio Claro, Delfinópolis, Doresópolis, Fortaleza de Minas, Jacuí, Nova Resende e São José da Barra mantiveram os números.

Minas Gerais

Em Minas Gerais, foram registrados 83.808 casos prováveis de dengue, sendo 45.624 positivos, 25 óbitos confirmados e 49 em investigação. Em relação à chikungunya, são 7.381 notificações, sendo 3.438 casos confirmados e um óbito em investigação, até o momento. Já quanto ao Zika, foram registradas 73 notificações, 12 casos confirmados e não há registros de óbitos.