Destaques Saúde

Mutirões contra a Dengue começam na cidade

31 de março de 2020

Foto: Divulgação

PASSOS- O núcleo de Zoonoses da Prefeitura Municipal de Passos, com apoio da Secretara de Obras, iniciou nesta segunda-feira, 30, os mutirões para combater o Aedes aegypti, mosquito transmissor da dengue, Zika vírus e Chikungunya. A ação se estende até dia 25 de maio e acontece sempre as segundas e sexta-feira.
Os mutirões vão passar por 38 bairros do município em 14 datas, o primeiro foi realizado nesta segunda nos bairros Cohab I, Cohab II e Primavera II. O último vai ser realizado no dia 25 de maio nos bairros Jardim Aclimação, Recanto da Teka e Serra Verde.
São 120 agentes de endemias, 50 agentes de limpeza urbana e o caminhão e maquinário da Secretaria de Obras que vão atuar nesta ação. Segundo o diretor de saúde coletiva, Thiago Salum, algumas medidas e orientações foram tomadas e passadas para os agentes – que vão estar equipados de luvas e máscaras-, para prevenir a contaminação e disseminação do coronavírus (o Covid-19).
“Algumas medidas foram tomadas de bom senso e de indicações do Ministério da Saúde para que esses mutirões sejam feitos de uma forma que se mantenha o menor contato possível com o morador. Os agentes vão entrar pelos portões da garagem e lateral, não vão ter acesso interno nas residências, vão estar fazendo o trabalho no quintal e na parte externa do imóvel, orientando o morador sobre questões de cuidado de armazenamento de água na parte interna, olhando calhas e caixas de água”, explicou Salum.
Mais uma mudança na ação que acontece devido ao coronavírus é que, pela primeira vez, o mutirão vai ser focado nos terrenos públicos e privados para a eliminação de focos e entulhos. Ainda como informou o diretor, os agentes estão percebendo a resistência de algumas pessoas para liberarem a visita, tendo em vista o isolamento social. Nesses casos, os agentes estão orientados a passarem recomendações para os moradores.
“Estamos numa alta da dengue no município de Passos, estamos pedindo para que as pessoas aproveitem que estão em casa e estejam olhando seus quintais, caixa de água, calha e coisas que acumulem água. Então diante da resistência estamos pedindo para que o proprietário nos auxilie nesse trabalho. Esse é o trabalho mais do agente hoje, o de orientação”.