Destaques Saúde

Itaú de Minas volta para a Onda Amarela nesta segunda-feira

23 de novembro de 2020

Foto: Divulgação

ITAÚ DE MINAS – A prefeitura de Itaú de Minas estabeleceu na sexta-feira, 20, por meio de decreto, que o município retornará para a Onda Amarela do programa Minas Consciente a partir de segunda-feira, 23. Segundo o último boletim epidemiológico divulgado pela Secretaria Municipal de Saúde, na última semana, houve um aumento de 11 casos ativos de covid-19, totalizando 16.

De acordo com a secretária de Saúde, Alessandra Maria da Fonseca, a decisão de retornar para a Onda Amarela se deu na última sexta-feira, durante uma reunião do Comitê Municipal de Prevenção e Enfrentamento à Covid-19.“Nós tivemos duas semanas com poucos casos e por isso migramos para a Onda Verde. Tinha dia que não tínhamos nenhum novo caso, depois aparecia apenas um caso por dia. Depois, começaram a surgir dois, três, quatro casos por dia. Já tínhamos programado a reunião do comitê para a sexta-feira. A coordenadora e o médico do Centro de Covid-19 estavam presentes e estavam bastante preocupados com o crescimento de casos na cidade”, explicou.

Alessandra afirma que o aumento no número de pessoas infectadas é consequência dos feriados das últimas semanas: “Esse reflexo de agora ainda não é da eleição, mas sim dos feriados anteriores. O pessoal está viajando e fazendo festas como se nada estivesse acontecendo. Nós tivemos vários feriados e os casos são reflexo desses feriados”.

A secretária de Saúde ainda ressalta que é esperado outro aumento de casos nas próximas semanas, devido ao período eleitoral, e que a fiscalização no município será intensificada – Itaú continuará realizando todas as prevenções, com exceção das barreiras sanitárias, que, segundo Alessandra, não apresentaram a eficácia esperada.

Intensificaremos novamente a fiscalização, tanto no comércio quanto nas ruas. Colocaremos agentes de saúde nas ruas para orientar a população e continuaremos com as mesmas prevenções, mas sem barreira sanitária. Chegamos a ter barreira sanitária no município, mas não deu muito resultado. Para ser efetiva, teria que ser 24 horas e não deixar ninguém de outra cidade entrar no município, porém nós não temos esse poder”, afirmou.

Com o retorno para a Onda Amarela, não poderão ocorrer, no município, aluguel de objetos pessoais e domésticos, atividades de recreação e lazer, eventos, atividades ligadas ao patrimônio cultural e ambiental e outras atividades que possam incentivar aglomerações, além de serviços pessoais (agências matrimoniais, atividades de sauna e banhos, serviços de tatuagens e colocação de piercings).

O comércio ambulante também está proibido, com exceção dos ambulantes residentes e domiciliados em Itaú de Minas. Bares, restaurantes, lanchonetes e sorveterias poderão funcionar com público interno até meia-noite, de segunda a domingo, desde que as medidas de prevenção sejam seguidas.

LEIA TAMBÉM: Estrutura de ferro da Casemg desaba no sábado