Destaques Saúde

Inmet alerta para perigo de hipertermia nos próximos dias

10 de outubro de 2020

Foto: Divulgação.

PASSOS – Na última terça-feira, 6, o Instituto Nacional de Meteorologia (Inmet) emitiu alerta laranja para a elevação da temperatura no Sul de Minas Gerais. O calor excessivo na região pode causar hipertermia, condição que ocorre quando a temperatura central do corpo ultrapassa os 40°C. De acordo com Bruno de Freitas Camilo, coordenador do curso de Educação Física da Universidade do Estado de Minas Gerais (Uemg) e mestre na área, a hipertermia caracteriza-se pelo aumento da temperatura corporal em função da dificuldade apresentada pelo organismo em dissipar o calor. Alguns sintomas da hipertermia são: aceleração cardíaca sede excessiva, sensação de fraqueza, tontura e confusão mental. Em caso mais graves pode desencadear desmaios, convulsões, cãibras e até mesmo a falência do organismo.

As cãibras são espasmos musculares que causam dor e ocorrem, abruptamente, devido à desidratação, perda de sódio e potássio, cansaço e redução do fluxo sanguíneo. A exaustão por calor é caracterizada pelo estado de choque, em função da desidratação. A insolação pode ser observada quando o indivíduo apresenta níveis de temperatura corporal demasiadamente altos a partir de uma falha no centro de controle de temperatura existente no cérebro, ocasionando febre, desidratação ou ausência de equilíbrio dos mecanismos de regulação da temperatura corporal”, explicou o educador físico.

Para tratar a hipertermia, é necessário fazer com que o corpo perca o calor por meio de métodos de resfriamento mecânico como: imergir o paciente em água fria ou levá-lo para um ambiente refrigerado. Segundo a professora Gislaine Cristina de Souza, subcoordenadora do curso de Educação Física da Uemg, alguns fatores importantes para a prevenção da hipertermia são: evitar a prática de exercícios em exposição ao sol, hidratar-se constantemente, utilizar roupas leves e ter uma alimentação balanceada.

De acordo com o Inmet, a temperatura na região, durante esta semana, estará cerca de 5°C acima da média (alerta laranja). Em outros locais, como na microrregião de Ribeirão Preto (SP) e no Distrito Federal, a previsão é de que o calor seja intenso, ultrapassando os 40°C, atingindo o alerta vermelho de perigo. Em situações assim, é recomendado reduzir a exposição ao sol entre 10h e 16h.