Destaques Saúde

Hospital de Campanha permanece sem pacientes

18 de junho de 2020

Foto: Helder Almeida

PASSOS- O Hospital de Campanha de Passos foi criado para auxiliar no atendimento aos casos de infecção por coronavírus (covid-19) na cidade e na região. Situado no antigo Hospital Otto Krakauer, a instituição foi entregue em maio, mas mesmo após um mês, ainda não há leitos ocupados. Da região, apenas a Santa Casa de Piumhi possui 100% de ocupação de leitos. Segundo boletim epidemiológico divulgado ontem pela prefeitura de Piumhi, o número de casos confirmados subiu de sete para nove.

O Hospital de Campanha, instituído através do decreto Nº 1.552, tem trinta leitos capacitados para o acompanhamento médico de casos de baixa e média complexidade da covid-19. No entanto, atualmente, não há nenhum leito ocupado na instituição, uma vez que é usado apenas quando os leitos da Santa Casa de Misericórdia de Passos e do Hospital da Unimed, que atendem pacientes de Passos e região, estarem 100% ocupados. Segundo o último boletim epidemiológico do município, publicado nesta quarta-feira, 17, Passos tem 35 casos confirmados e um paciente hospitalizado.

A Secretaria de Saúde esta totalmente aparelhada dentro da estrutura de montagem do Hospital de Campanha Covid-19-Passos.  O fato do local não estar sendo utilizado é extremamente positivo para o município, que não obtém nenhum custo alocado”, comentou o secretário municipal de Saúde, Evandro Bogo.

De a acordo com a assessoria de imprensa da Santa Casa, atualmente, não há nenhuma ocupação dos leitos de Unidade de Tratamento Intensiva (UTI) da pediátrica destinada ao tratamento da covid-19 na instituição. Já para a ala adulta, há 20% de ocupação dos leitos destinados ao tratamento de pacientes com infecção causada pelo novo coronavírus, sendo dois casos suspeitos.
O hospital possui dez leitos adultos e três pediátricos para o tratamento do coronavírus.

Para o atendimento a outras patologias, são 30 leitos adultos, que estão 100% ocupados, e 24 da pediatria, que tem 83% de taxa de ocupação. No entanto, há um planejamento de expansão e o número de leitos do hospital pode aumentar. Quanto ao Hospital da Unimed, a reportagem da Folha entrou em contato com a coordenação da instituição, mas, até o fechamento desta edição, não obteve resposta retorno sobre a taxa de ocupação dos leitos.

Na Santa Casa de São Sebastião do Paraíso, a taxa de ocupação da UTI é de 5%, o que representa um leito ocupado. Na totalidade, são dez leitos UTI para o público infantil e 30 de UTI para atendimento de adultos, sendo dez para pacientes com infecção pelo novo coronavírus, em processo de habilitação. Na Santa Casa de Piumhi, todos os dez leitos de UTI estão ocupados.

Além de residentes, os hospitais de Passos, São Sebastião do Paraíso e Piumhi recebem pacientes das 22 cidades vizinhas que não possuem leitos de UTI.