Destaques Saúde

Fiemg doa 100 ventiladores e Zema anuncia 100 novos leitos de UTI

23 de março de 2021

Foto: Divulgação

BELO HORIZONTE – O governador de Minas, Romeu Zema, recebeu da Federação das Indústrias do Estado de Minas Gerais (Fiemg), nesta segunda-feira, 22, mais 100 ventiladores mecânicos que ajudarão na ampliação de 100 leitos de UTI em todo o estado ao longo desta semana. Segundo informações do governo estadual, os equipamentos foram entregues, na sede da Fiemg, pelo presidente da federação, Flávio Roscoe. Na semana passada, o governo mineiro abriu 33 leitos de UTI nos hospitais da Fundação Hospitalar do Estado de Minas (Fhemig).


O que você também vai ler neste artigo:

  • Doações
  • Indústria mineira
  • Ampliação de Leitos

Os ventiladores serão distribuídos para as unidades de saúde espalhadas em todas as macrorregiões do estado. Segundo o governo, Belo Horizonte receberá 20 ventiladores, assim como Betim (20). Juiz de Fora, na Zona da Mata, receberá 15 equipamentos. Já as cidades de Montes Claros e Timóteo ficarão com 10 ventiladores cada uma. Viçosa receberá 7 equipamentos, seguida por Ponte Nova (6), São Lourenço (5), Paracatu (4) e São João del-Rei (3). De acordo com a administração, o critério técnico utilizado pela Secretaria de Estado de Saúde (SES-MG) foi a identificação de hospitais com capacidade de abertura imediata de leitos de UTI.

Doações

O governador enalteceu a parceria da Fiemg com o Governo de Minas desde o início da pandemia no país. “No ano passado, a entidade doou 1,6 mil respiradores, que foram de extrema importância para equipar os hospitais em todo o estado, e, agora, mais 100 equipamentos ajudarão na abertura de leitos”, afirmou.


Indústria mineira

Flávio Roscoe lembrou que a mobilização da indústria mineira transformou a Fiemg na maior doadora de respiradores do país. “Além disso, a entidade doou 180 leitos de UTI para diversos hospitais do nosso estado, que já estão em pleno funcionamento”, explicou.

O setor produtivo está fazendo tudo que está a seu alcance para mitigar os efeitos da pandemia. A Fiemg também está trabalhando na frente da vacina, ajudaremos no fornecimento de oxigênio e, desde o início, entregamos jalecos, máscaras e álcool em gel”, disse.

Em agosto do ano passado, a Fiemg doou para o Governo de Minas 1,6 mil respiradores fabricados pela Inspirar, uma empresa Health Tech idealizada pelos sócios da empresa mineira de soluções tecnológicas Tacom. O equipamento produzido é o VI-C19 que utiliza dois módulos para fazer a ventilação: o volume controlado (VCV) e o modo pressão controlada (PVC).

Ele está apto a ventilar qualquer doente com insuficiência respiratória que necessite do apoio mecânico. O projeto foi desenvolvido por uma equipe multidisciplinar formada por médicos intensivistas, engenheiros, programadores e desenvolvedores.


Ampliação de Leitos

Desde o início da epidemia da covid-19 no estado, o Governo de Minas, por meio da SES, realiza estudos assistenciais para a melhoria contínua do atendimento à população e já dobrou o número de leitos na rede pública. Em fevereiro de 2020, Minas Gerais contava com 2.072 leitos de UTI e 11.622 leitos de Enfermaria. Atualmente, a rede pública hospitalar conta com 4.364 leitos de UTI e 20.840 unidades de Enfermaria.

Entre as diversas ações adotadas pelo Governo de Minas para enfrentamento ao coronavírus, está a aquisição de 1.047 respiradores, ao preço médio mais baixo do país. Isso permitiu a instalação de leitos de UTI, muitos deles em municípios que nunca tinham contado com unidades de terapia intensiva.