Destaques Saúde

Em uma semana, número de óbitos por covid aumenta 10%

Por Laura Abreu / Especial

28 de dezembro de 2020

Foto: Divulgação

PASSOS- A região registrou 16 novos óbitos em decorrência da covid-19 em uma semana, o que representa um aumento de 10%. O número de novos casos da doença (696) cresceu 9.93%. Os dados foram coletados através dos boletins epidemiológicos de 19 de dezembro e desta sexta-feira, 25, da Secretaria de Estado de Saúde de Minas Gerais (SES-MG). Na região, São Sebastião do Paraíso, com 45 óbitos, lidera o balanço de mortes por infecção pelo novo coronavírus, seguido por Passos (30) e Piumhi (12).


Você também pode gostar de:

Bolsonaro sobre início de vacinação no mundo: “ninguém me pressiona”

No último boletim, mais cidades contabilizaram óbitos. Os municípios que tiveram o maior aumento no número de mortes foram Itamogi e São Sebastião do Paraíso, quatro cada. Capitólio e Carmo do Rio Claro registraram duas novas mortes e Passos, Ibiraci, Nova Resende e Piumhi tiveram uma cada. Fortaleza de Minas, Pimenta, São José da Barra e São Roque de Minas são as únicas cidades da região que permanecem sem óbitos.

Quando analisada a taxa de letalidade, Ibiraci (6,72%) possui o maior percentual, seguido por São Tomás de Aquino (4,76%), Carmo do Rio Claro (4,67%), Pratápolis (4,23%) e Capitólio (3,51%). A taxa de letalidade é aquela que analisa o número de óbitos em relação aos confirmados da doença, sendo assim, mede o percentual de pessoas infectadas que vão a óbito.

Já quanto aos números de casos confirmados, quando observado o aumento percentual, Alpinópolis sai na frente (30,87%), seguido por Itamogi (20,36%), Piumhi (13,47%), Itaú de Minas (9,65%), São Sebastião do Paraíso (9,15%) e Passos (9,01%).

Nos boletins das prefeituras, que podem apresentar diferença em relação aos divulgados pela SES, Carmo do Rio Claro possui 151 casos; Itamogi 335; Delfinópolis 50; Monte Santo de Minas 205 e Passos 1.821.

Com a evolução dos casos nos últimos dias, o governo estadual determinou a regressão da macrorregião Sul para a onda vermelha do Programa Minas Consciente, mas alguns municípios adotaram medidas diferentes. Passos saiu do programa, e em Delfinópolis, a prefeitura decidiu permanecer na Onda Amarela até o dia 28 deste mês.

Em Minas Gerais, segundo boletim divulgado pela SES neste sábado, 26, já são 522.331 casos confirmados da doença, sendo 11.585 mortes, 40.457 em acompanhamento e 470.389 recuperados. Nas últimas 24 antes da divulgação do boletim, o estado registrou 2.113 novos casos e 23 óbitos.

Na região Sul de Minas o número de novos casos de covid-19 caiu entre os dias 18 e 25 de dezembro. Foram 1.964 confirmações e 18 mortes no período. Desde o início da pandemia, o Sul de Minas já registrou 49.957 casos e 1.197 mortes.