Destaques Saúde

Dona de casa cria jardim de ervas medicinais durante quarentena

6 de julho de 2020

Foto: Divulgação

PASSOS – As medidas de isolamento social para conter a disseminação do novo coronavírus têm deixado muitas pessoas ansiosas e preocupadas com a situação, e algumas procuram por atividades caseiras com o objetivo de aliviar o estresse. Culinária, pintura, costura, exercícios físicos e até jardinagem estão entre as atividades que ganharam o coração de quem descobriu novos talentos durante a quarentena.

Para preservar a calma, a dona de casa Marilene Chaves resolveu se aproximar da natureza e, após muitas visitas ao sítio da família, passou a fazer cada vez mais questão de ter plantas ao seu redor. Buscando manter o equilíbrio que encontrou no campo, o jardim do seu quintal voltou a ganhar vida, após muitos anos sem ser cultivado.

Quando percebi que precisava de um método para esquecer os problemas e o medo de contrair a covid-19, passei a visitar a zona rural com muita frequência. Lá, resolvi fazer sucos e chás com ervas medicinas, eram receitas para algum familiar que apresentava problema de saúde ou apenas para acalmar. Em casa, tenho pouco espaço, mas comprei vários vasos que, além de muito úteis, deixam minha casa mais bonita”, contou Marilene.

Flores, especiarias, folhagens e, principalmente, ervas medicinais são as plantas preferidas de dona Marilene.

Eu me dei conta de que as atividades de jardinagem têm ocupado meu tempo de forma prazerosa. Depois de todos os cuidados com o que tenho plantado, faço a colheita dos ingredientes necessários para algumas receitas, sendo que a melhor é a de suco verde com efeito calmante. O ambiente está colorido e alegre, minha alimentação está mais saudável e tenho a mente tranquila, então recomendo que todos façam algo que gostem para enfrentar esse momento”, destacou.

O suco verde tem o capim cidreira como base, visto que possui propriedades antivirais, antiespasmódicas, antibióticas, anti-inflamatórias, calmantes, diuréticas, analgésicas, sedativas, cicatrizantes, expectorantes e relaxantes.

Diversos estudos científicos apontam que o cultivo de plantas contribui para a qualidade do sono e, ainda, ajuda no tratamento de problemas psicológicos como ansiedade, depressão e complexo de bipolaridade. Além disso, cuidar de um jardim ou horta faz com que novas habilidades cognitivas sejam desenvolvidas e melhora a autoestima, uma vez que é necessário realizar uma espécie de planejamento de execução das atividades, mesmo depois de aparecer algum resultado.

Os vasos de cultivo devem ter, no mínimo, 15 centímetros de profundidade e furos no fundo para criar uma camada de drenagem com argila, cascalho ou mesmo isopor picado – considerando que são materiais que não deixam água acumulada e evitam o apodrecimento das raízes. Para o bom desenvolvimento das plantas, é necessário que elas sejam frequentemente regadas e recebam raios solares.