Cidadania Destaques Saúde

Cooperativa concede R$110 mil para hospitais em campanha contra coronavírus

31 de março de 2020

PIUMHI – Na sexta-feira, 27, uma cooperativa anunciou a doação de R$110 mil para auxiliar as demandas de hospitais do Rio Grande do Sul e de Minas Gerais, que tiveram problemas agravados pela pandemia mundial do novo coronavírus. Dos R$110 mil, R$35 mil estão sendo destinados para as Santas Casas de Piumhi, Pimenta e Santo Antônio do Monte. O presidente da cooperativa Euzébio Rodigheiro evidenciou que neste momento, a solidariedade é um fator muito importante. “Vivendo este momento de instabilidade, de insegurança, desse vírus que tanto nos afronta, nós solidários com tudo isso, estamos fazendo uma ação com todos os hospitais aonde o Sicredi Sul/Minas está presente”, disse.
Para dar prosseguimento a ação, a equipe da do Sicredi Sul/Minas avaliou os hospitais de Piumhi, Pimenta e Santo Antônio do Monte, com o intuito de buscar as reais necessidades, fosse de recursos, de materiais ou de apoio, necessários para receber a população que pode precisar de serviços médicos em decorrência
do vírus.
“Em uma campanha especial do coronavírus, o Sicredi Sul/Minas está fazendo uma doação à Santa Casa de Piumhi, no valor de R$20 mil, o valor de R$10 mil à Santa Casa de Pimenta e mesmo não tendo a gente (a cooperativa) ainda no município de Santo Antônio do Monte, a gente está fazendo uma doação para a Santa Casa de Santo Antônio também, no valor de R$5 mil”, afirmou o presidente.

Ação

De acordo com Euzébio Rodigheiro, esses valores vão ajudar cada hospital com suas respectivas demandas. “Exemplo, Pimenta nós estamos estendendo esse valor para ajudar o pagamento do aluguel do respirador. Estivemos em contato com a Santa Casa de Piumhi, ela detém então os respiradores, mas tem demanda de outros materiais”, relatou.
O presidente afirmou ainda que o importante, neste momento, é que as Santas Casas façam o uso dos recursos doados da melhor forma possível independentemente do modo. “Nós só temos a responsabilidade de prestar contas para os associados, que essa doação, esse valor, ele vai para ajudar as pessoas realmente que mais necessitam neste momento”.
Assim, o presidente afirma que quem está fazendo a doação é, na verdade, os associados da cooperativa. Os parceiros aprovaram em Assembleia Geral Ordinária a criação do Fundo Social, que será útil para atender o maior número possível de pessoas em Piumhi, Pimenta, Santo Antônio do Monte e região. “Aqui vem uma parte já de cumprir com a nossa missão, que é estar próximo, estar presente a comunidade, estar atente, ser solidário, exercer a cooperação”, disse Euzébio, “mas assim, sempre deixar uma mensagem de otimismo e de esperança que cada um possa fazer a sua parte agora, e esse momento vai passar. Em breve estaremos aí novamente, firme e fortes, mas a desejar sucesso às nossas Santas Casas, que possam sempre ter estrutura para receber e tratar quem mais precisa no momento de necessidade”.
A doação foi feita de forma imediata e eletrônica. Os dados da Santa Casa são recolhidos por e-mail e então é feito o depósito na conta do hospital beneficiado. Posteriormente, o valor usado é comprovado por meio de notas do material adquirido. Além dos R$35 mil destinados para hospitais de Minas Gerais, a cooperativa também está destinando R$60 mil para o Hospital São Roque, na cidade de Getúlio Vargas no Rio Grande do Sul e R$5 mil para cada um de outros três hospitais do mesmo estado: Hospital São Judas Tadeu, em Jacutinga; Hospital São José, em Sertão; e Hospital Santo Antônio, em Estação.