Destaques Saúde

Contrato com Hospital de Campanha de Passos termina hoje

31 de dezembro de 2020

Foto: Helder Almeida

PASSOS – O Hospital de Campanha de Passos, adaptado para dar atendimentos a possíveis casos de coronavírus tem seu contrato com a Fundação Beneficente São João da Escócia finalizado nesta quinta-feira, 31. O prefeito eleito, Diego Oliveira, estava em tratativas com a diretoria da fundação para a renovação do contrato, mas até o fechamento desta edição ainda não havia firmado nenhum compromisso formal. O local foi preparado para receber até 80 pacientes de média e baixa complexidade, mas, desde o mês de março não foi utilizado.


Você também pode gostar de:

SRS Passos alerta para risco de falta de soro antirrábico

A estrutura provisória no prédio do antigo Hospital Otto Krakauer seria para ser usada pela secretaria de Saúde de Passos. O local tem três entradas para evitar aglomerações – uma apenas para funcionários; outra, para pessoas com sintomas e a terceira para quem não tiver sintomas ou formas leves.

O prédio cedido até o fim do ano serviu como sede do hospital até 2016. Passou por uma reforma feita através de uma parceria entre a Fundação Beneficente São João da Escócia e os recuperandos da Associação de Proteção e Assistência aos Condenados (Apac).

Foi montado nos meados do mês de março um gabinete de crise a respeito da covid-19. E nesse gabinete um estudo foi feito e ficou consolidado que haveria uma necessidade de uma ajuda aos hospitais existentes na cidade”, explicou o vice-presidente da OAB, Renato Reis.

O grupo também conseguiu junto à Justiça do Trabalho uma verba para compra de materiais para adaptação e reforma do local. O presidente da FBSJE, Piassi Giovani contou que aguarda um posicionamento do prefeito eleito. E, a assessoria do prefeito informou que o espaço havia sido cedido exclusivamente para Hospital de Campanha.

Agora estamos estudando para implantar neste espaço os serviços do Centro de Atenção Psicossocial III e o Infantil (Caps III) e o Caps I”.