Destaques Saúde

Com decreto, filas se espalham nos estabelecimentos em Passos

30 de março de 2021

No hipermercado ABC, a fila chegou a sair fora do estacionamento até a Avenida Arlindo Figueiredo. / Foto: Divulgação

PASSOS – A cidade de Passos amanheceu nesta terça-feira, 30, com enormes filas nos principais estabelecimentos comerciais. A maior delas, no entanto, foi a fila para a vacinação no drive-thru – liberando a aplicação de doses para idosos acima de 69 anos –, que começava na avenida Sabiá até o parque de Exposições.

Uma fila com aproximadamente 1,5 km, do parque de Exposições até a Avenida Sabiá, se formou no drive-thru da vacinação. / Foto: Divulgação

Nos supermercados as filas surgiram depois que a Prefeitura anunciou, por volta das 21h00 de segunda-feira, o decreto que instituiu a lei seca e proibiu o funcionamento de todas as atividades econômicas de maneira presencial no período das 23h59 desta terça-feira, 30, até as 23h59 do dia 4 de abril.

O decreto assinado ontem pelo prefeito Diego de Oliveira estende a adesão do município à onda roxa, até o dia 4, e autoriza o funcionamento comercial somente para quem utiliza internet, aplicativos, telefone ou outros meios similares para a entrega de mercadorias.

De acordo com o documento, a proibição também se estende a feiras e ao funcionamento de bancos e lotéricas, que devem manter os serviços de autoatendimento e os que são prestados por meio de aplicativos. A proibição não se aplica a drogarias, farmácias, serviços de transporte, postos de combustíveis hotéis e outros segmentos.

Pelo decreto, a administração estabelece como horário para abastecimento de combustíveis em veículos particulares das 5h às 20h, de segunda-feira a sábado. Também estão suspensos os atendimentos presenciais dos serviços públicos municipais, estaduais e federais. O decreto prevê que a circulação de pessoas no período das restrições será permitida em casos de necessidade, como para ir a farmácias, drogarias ou outros setores da economia que têm permissão de funcionamento, como fisioterapia ou serviços de saúde.

O decreto também estabelece o bloqueio da utilização de cartões do idoso no transporte público de passageiros e proíbe festas, eventos, públicos ou particulares, e o uso de espaços públicos para atividades físicas. De acordo com boletim epidemiológico divulgado ontem pela prefeitura, Passos atingiu 101 óbitos por covid-19.

Segundo o boletim, o município chegou a 4.321 casos confirmados da doença, sendo que 4.088 já se recuperaram, 95 estão em recuperação, 37 se encontravam hospitalizados e 101 morreram. Em relação ao boletim anterior, divulgado na sexta-feira, 26, foram 62 novos casos e cinco mortes no fim de semana. Na Santa Casa de Passos, a taxa de ocupação dos leitos de Unidade de Terapia Intensiva (UTI) Covid-19 está em 100% há cerca de dez dias.