Destaques Saúde

Com aumento de casos, Piumhi limita horário de funcionamento no comércio

Por Gabriella Alux / Redação

21 de agosto de 2021

Foto: Divulgação

PIUMHI – Após aumento de 148,65% na média móvel de casos de covid-19, a Prefeitura de Piumhi adotou novas restrições no distanciamento social em bares, restaurantes, igrejas, templos e outros estabelecimentos e limitou o horário de funcionamento. Novo decreto prevê distância de três metros e horário até as 23h para atendimento no comércio em geral. Em pronunciamento no portal da prefeitura, na tarde de ontem, o fiscal sanitário Moisés Veloso afirma que as novas medidas são para conter o número de casos da doença.

“Considerando que o município de Piumhi está inserido na macrorregião sul e de acordo com o boletim epidemiológico do dia 14 de agosto, a média móvel aumentou consideravelmente, pois passamos de 74 casos em 18 de julho para 184 casos em 14 de agosto. A média necessária para termos o município na onda verde é de, no máximo, 30 casos positivos semanalmente. Devido a essa crescente, não poderíamos ficar indiferentes, então o prefeito, em conjunto da secretária de Saúde decretaram novas medidas”, declarou Veloso.

Segundo ele, os proprietários dos estabelecimentos devem observar as restrições contidas no Termo de Concordância e Compromisso, que se encontra na Vigilância Sanitária, para que todos possam funcionar adequadamente.

“Para realização de eventos, sendo festas públicas ou particulares, como casamentos, aniversários, batizados, independente do número de pessoas, local, dia ou horário, é necessária autorização da Vigilância. Caso contrário, será interditada e suspensa a festa”, afirmou o fiscal.

Atrações como apresentação de voz e violão em locais públicos ou outros tipos de eventos só serão permitidos com autorização da Vigilância Epidemiológica. O decreto permite o funcionamento de cinemas e teatros, com 20% da capacidade, mediante autorização prévia emitida pela Vigilância, que deve expedir um Termo de Concordância e Compromisso a ser assinado pelos responsáveis.

Veloso também afirma que, em caso de descumprimento das medidas, o proprietário do estabelecimento será notificado e, em caso de reincidência, o local será lacrado por 30 dias, além de estar sujeito a multa no valor de dez cestas básicas, de no mínimo R$100 cada, que serão doadas a pessoas carentes após triagem da Assistência Social do Município.

“As pessoas que circularem em vias públicas sem uso da máscara de proteção estarão sujeitas ao pagamento de uma cesta básica”, disse.

O novo decreto permite jogos de sinuca, utilização de copo de vidro, leilões virtuais e o funcionamento da feira livre municipal aos domingos e quartas-feiras, até as 12h, sendo proibido o consumo de alimentos no local e obrigatório o uso de máscara.

As empresas atuantes no ramo de serviços funerários poderão funcionar normalmente, das 6h às 23h, com no máximo 15 pessoas e duração máxima de quatro horas. Em relação ao sepultamento de vítimas de covid-19, elas não poderão ser veladas, apenas as que foram tratadas por mais de 21 dias.

Ainda de acordo com o decreto, as escolas públicas e privadas receberão boletim diário, contendo informações sobre existência de alunos ou profissionais que testaram positivo para o coronavírus, ou suspeitos, para fins de isolamento.