Destaques Saúde

Cássia e outras 11 cidades vão realizar 461 cirurgias eletivas

Por Adriana Dias / Redação

26 de agosto de 2021

Foto: Divulgação.

CÁSSIA – O município de Cássia recebeu recurso de emendas parlamentares para a realização de cirurgias eletivas, por meio do Programa Opera Brasil, da Frente Parlamentar em Defesas das Cirurgias Eletivas, aquelas que não precisam ser realizadas com urgência, que foi apoiada por 250 deputados. Serão beneficiados pacientes de Cássia, Ibiraci, Delfinópolis, Capetinga, Claraval, São José da Barra, Itamogi, Pratápolis, Jacuí, Itau de Minas, São Tomás de Aquino e Nova Resende.

A secretária municipal de Saúde, Gabriela Brusiquesi, durante reunião na Casa de Cultura de Cássia com a presença do prefeito Rêmulo Carvalho Pinto, o Reminho, e do vice-prefeito Ricardo Garcia Arantes, contou que inicialmente já estão na conta do Hospital Instituto São Vicente de Paulo o valor de R$900 mil que serão utilizados para 461 cirurgias.

“Destas, 50% estão destinados para pacientes cassienses, sendo portanto, 230 cirurgias e o restante será rateado entre outros 11 municípios que entraram nesta distribuição. Isso de acordo com a disponibilidade de cirurgias do hospital”, informou Gabriela.

Por conta da pandemia as cirurgias não podem ser feitas em forma de mutirão.

“O hospital já está articulando para fazer o calendário das cirurgias. Vamos começar o mais rápido possível e já estamos entrando em contato com os pacientes ao longo dos próximos meses para dar andamento na fila que está parada há tempos. Estamos fazendo a convocação para avaliação pré-cirúrgica com os exames laboratoriais. São cirurgias de até 2008”, disse a secretária, acrescentando que serão ofertadas 19 tipos de cirurgias, sendo as mais procuradas histerectomia, hernioplastia, laqueadura, colecistectomia, adenoidectomia, amigdalalectomia, hernioplastia.