Destaques Saúde

Carmo do Rio Claro tem a maior taxa de letalidade da covid-19

Por Beatriz Silva / Redação

23 de setembro de 2020

Foto: Divulgação

PASSOS — Com quatro mortes por covid-19 e 48 casos confirmados até o domingo, 20, Carmo do Rio Claro tem a maior taxa de letalidade da doença na região: 8,33%. As informações foram divulgadas pelo Brasil.io, portal que compila os boletins epidemiológicos das 27 Secretarias Estaduais de Saúde e disponibiliza uma base de dados com a série histórica de casos e óbitos confirmados por município.

O que você também vai ler neste artigo:

  • Mortalidade em Minas é de 31.8 para 100 mil
  • Atualizações
  • Boletim

A segunda cidade da região com maior taxa de letalidade da covid-19 é Jacuí, com 7,14%. No município, até o último levantamento, feito em 20 de setembro, foram registrados um óbito e 14 casos positivos. Também conforme o portal Brasil.io, Capitólio tem o terceiro maior índice de letalidade entre os municípios da região, com três mortes e 53 casos confirmados da doença.

Em relação às três maiores cidades da região, Piumhi apresenta letalidade de 2,57%: nove óbitos e 350 confirmações de covid-19. A taxa é semelhante à de Passos (2,31%), onde houve 21 mortes e 910 foram contaminadas pelo novo coronavírus. Já em São Sebastião do Paraíso, que registrou 514 diagnósticos positivos e nove mortes, a taxa de letalidade é de 1,75%.

Mortalidade em Minas é de 31.8 para 100 mil

BELO HORIZONTE – O secretário de Estado de Saúde de Minas Gerais, Carlos Eduardo Amaral, afirmou, nesta terça-feira, que Minas é o estado com menor taxa de mortalidade por covid-19 no país. Segundo ele, até ontem, o estado estava com 31.8 óbitos para cada 100 mil habitantes.

Obtivemos o primeiro lugar em 31 de julho. Desde então, o estado se mantém com a menor mortalidade proporcional do Brasil. Para nós, essa posição é resultado das ações desenvolvidas pelo Estado e pelas secretarias municipais de Saúde. Começamos o enfrentamento à covid-19 com 2.072 leitos de UTI, hoje, já passamos de 3.900”, pontuou o secretário.

Ainda segundo o secretário, a ocupação máxima registrada foi de 2.766 leitos, abaixo da capacidade da rede. “Importante destacar também que não tivemos nenhum momento de desassistência no estado”, reforçou.

Atualizações

Minas Gerais registra, até o momento, 6.764 óbitos por covid-19. Carlos Eduardo Amaral explicou que os dados divulgados pela Secretaria de Estado de Saúde e a atualização feita pelos municípios estão alinhados.
“Fizemos um ajuste quanto à consolidação dos dados, quando passamos a utilizar o Sistema de Informação de Vigilância da Gripe (Sivep-Gripe). Diariamente fazemos o download dos dados inseridos na plataforma nacional e contamos com essa atualização feita pelos municípios”, afirmou.

Boletim

Nesta terça feira (22/9), o Governo de Minas publicou o 200º boletim epidemiológico da doença.